Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

51,5

Classifique:

Futebol Profissional

Viajando em busca de reforços, presidente coral reconhece carência no ataque

Publicado: sexta-feira,7 de fevereiro de 2020, às 16:02
Por: Alexandre Ricardo

Acompanhando a delegação do Santa Cruz na viagem para o Mato Grosso, onde o Mais Querido conseguiu classificação para a segunda fase da Copa do Brasil, o presidente Constantino Júnior não seguiu com os atletas para Fortaleza/CE, onde a equipe entra em campo pela Copa do Nordeste neste final de semana, e tampouco retornou ao Recife.

Na Região Sudeste do país, o mandatário coral trabalha em cima de situações administrativas, como patrocínios e reuniões na CBF. Além disso, ele tenta adiantar negociações com a intenção de reforçar o elenco, principalmente no setor ofensivo. Ele falou sobre a procura em entrevista à Rádio Jornal.

" Sabemos da demanda, principalmente para o setor ofensivo, com jogadores de lado. Dar esse suporte para que a bola fique mais no nosso controle. Precisamos de jogadores com essas características. Nós temos atletas fazendo isso no elenco, mas não são de ofício, especialistas na posição para atuar pelas beiradas ", reconheceu Constantino Júnior. 

Mesmo com a evidente carência no plantel e as cobranças por parte da torcida e da própria comissão técnica, o presidente tricolor ressaltou a necessidade de ser cauteloso no mercado para minimizar as chances de realizar contratações equivocadas. 

" É um trabalho coletivo, que muita gente pode ajudar. Seja para abrir uma porta, conversar com clubes parceiros. Mas sempre prezando pelo lado técnico. Temos viajado, buscado patrocínios. Esperamos, dentro de pouco tempo, concluir as negociações para dar uma maior qualificação ao nosso elenco e oferecer condições para o Itamar (Schulle). Estamos querendo sim, mas sem desespero ", avisou.

Recém-contratado, Victor Rangel é um atacante de referência, que deve disputar posição diretamente com Pipico. Nos lados do campo, o único verdadeiramente de ofício é o prata da casa Felipe Almeida, já que Patrick Nonato e Mayco Félix surgiram como jogadores centralizados e Augusto Potiguar é lateral-direito de origem.

Compartilhe:

Viajando em busca de reforços, presidente coral reconhece carência no ataque

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.