Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

25,75

Classifique:

Futebol Profissional

Minimizando favoritismo dos rivais, Bileu quer Santa Cruz iniciando forte no Estadual

Publicado: sexta-feira,17 de janeiro de 2020, às 11:03
Por: Alexandre Ricardo

Atrás dos rivais locais no cenário nacional, o Santa Cruz entra em mais uma edição do Campeonato Pernambucano tentando surpreender os prognósticos referentes a título. Integrantes das Séries A e B do Brasileirão, Sport Recife e Náutico, respectivamente, obtêm um maior poder de investimento e largam na frente em relação a um favoritismo para o Estadual.

Minimizando essa circunstância, o volante Bileu prefere se concentrar na responsabilidade que o Mais Querido tem de iniciar a competição com uma boa atuação e um bom resultado. Quando a bola rolar neste sábado(18), às 19h no Arruda diante do Petrolina, a Cobra Coral tem o fator mando de campo ao seu lado para deixar uma impressão inicial positiva.

O Santa Cruz vai entrar forte. A gente sabe que o nosso elenco não está fechado, restam algumas contratações. O time está bem treinado, focado no que desejamos. Vamos com calma, tranquilidade. Sabemos que vai ser um jogo difícil nessa estreia, mas estaremos em casa e vamos atrás dos três pontos.  Independente de favoritos ou não, vamos trabalhar e no final a gente vê quem será o campeão ", afirmou o volante.

Retornando ao clube onde conseguiu o acesso à Série A, em 2015, Bileu projetou a característica da equipe que o torcedor deve ver em campo, durante toda temporada. De acordo com ele, o mais importante é preservar aquilo que a torcida gosta de ver: muita garra.

" É como o Itamar (Schulle) pede e fala, para a gente ter muita intensidade. Tanto na marcação ofensiva quanto lá atrás, pegar em cima. Sei que o time vai ser guerreiro, como a torcida do Santa Cruz gosta e todo mundo fala. O treinador cobra bastante e isso é bom para o elenco, para não deixar a 'peteca cair', não relaxar. Precisamos de uma identidade e estamos insistindo nisso durante a preparação ", comentou.

EVOLUÇÃO
" O amistoso com o Campinense/PB mostrou que a nossa evolução agradou o professor, a parte física também. Nosso preparador físico nos elogiou bastante. Graças a Deus, quem se apresentou depois, mesmo com pouco tempo de trabalho, aguentou o ritmo também. Saíram por opção do treinador, que queria ver outras peças. Mas jogariam os 90 minutos tranquilamente ".

Foto: Rafael Melo/Santa Cruz

Compartilhe:

Minimizando favoritismo dos rivais, Bileu quer Santa Cruz iniciando forte no Estadual

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.