Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

41,2

Classifique:

Futebol Profissional

Conhecido do treinador, Toty não esconde felicidade por voltar ao Recife

Publicado: quarta-feira,8 de janeiro de 2020, às 21:07
Por: Alexandre Ricardo

Natural do município de Camaragibe, na Região Metropolitana do Recife, o lateral-direito Toty é só alegria por voltar a Pernambuco. Formado nas categorias de base do Sport Recife, o jogador deixou o clube rubro-negro em 2011, sem ganhar chances no time principal. Por aproximadamente três anos, rodou o Brasil e chegou ao Salgueiro no mês de junho de 2015.

Após jogar a temporada 2018 pelo Brasil de Pelotas/RS e defender o Cuiabá/MT no ano passado, o atleta de 28 anos foi apresentado oficialmente e falou da sensação em defender o Santa Cruz, clube do Estado onde nasceu e cresceu. 

" É uma volta para casa, estou feliz de estar no Recife. Queria agradecer à diretoria, meu empresário, à minha família. Depois de sete, oito anos, poder retornar num time grande como o Santa Cruz, é muito gratificante. Me sinto feliz. Sempre sonhei jogar em casa e abracei o projeto do clube, que tem dado estrutura. A família toda ficou muito feliz, pesou muito para a escolha. Posso dizer que foi um presente de Deus esse acerto ", contou.

Em 2019, Toty trabalhou com o técnico Itamar Schulle no Cuiabá, onde foram campeões do Campeonato Mato-Grossense. Conhecendo bem o estilo do novo comandante coral, ele não considera que larga na frente por uma vaga na equipe titular. A posição de lateral ainda com o também contratado Júnior, além de Augusto Potiguar e Warley.

 " Já vínhamos trabalhando desde o ano passado. Ele é um cara que cobra muito, é bem exigente no dia a dia. Com a gente principalmente, já que sabe do nosso potencial e cobra o dobro por isso. A questão da titularidade fica a critério dele. A briga está muito boa na posição, estamos em busca do nosso espaço. Para conseguir os objetivos, tem que ter uma equipe forte, com peças de reposição ", ressaltou.

VERSATILIDADE 
" Comecei minha trajetória no meio-campo, mas desde o início, jogando em clubes, atuei como lateral. A posição que o professor precisar, estou à disposição para ajudar e dar meu melhor. Na maioria dos 26 jogos que participei no ano passado, fui escalado na lateral-direita ".

EXPERIÊNCIA 
" Quando estava aqui no Recife, ainda era muito novo. Volto com mais experiência, com essa possibilidade de ajudar os mais jovens, que estão surgindo agora aí no clube. Apareceu essa oportunidade e espero corresponder a confiança do Santa Cruz, que acreditou no meu nome ".

LEMBRANÇAS 
" Lembro de defender o Salgueiro e vir jogar aqui, no Arruda. Sempre dava um friozinho na barriga antes de entrar em campo. A torcida do Santa Cruz é diferenciada, empurra a equipe mesmo nos momentos difíceis. O nome do clube, por si só, é grande. Isso também fez com que eu aceitasse o convite, estando do lado de cá agora ".

Compartilhe:

Conhecido do treinador, Toty não esconde felicidade por voltar ao Recife

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.