Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

51,5

Classifique:

Futebol Profissional

Nei Pandolfo comenta situação de Geovani, devolvido após empréstimo ao Japão

Publicado: sexta-feira,3 de janeiro de 2020, às 15:31
Por: Alexandre Ricardo

No início de 2019, o Santa Cruz anunciou o empréstimo do meia-atacante Geovani, que havia renovado com o clube coral no final de 2018. O jogador foi cedido ao SC Sagamihara, da terceira divisão do futebol japonês, onde realizou 15 jogos e marcou dois gols durante todo ano passado. 

À época, o Mais Querido informou que, caso o clube japonês tivesse interesse na compra do atleta, o valor seria de 500 mil dólares, com o Santa Cruz recebendo 50% do quantitativo. Porém, sem o Sagamihara exercer o direito de aquisição, uma cláusula estipula a renovação automática do contrato de Geovani junto ao Time do Povo, até o final de 2020.

Na tarde desta sexta-feira(3), o executivo de futebol Nei Pandolfo falou sobre a situação do jogador, que atualmemnte tem 26 anos de idade. Sem garantir a utilização dele no plantel coral, o dirigente informou que está sendo feita uma análise em parceria com a comissão técnica. 

" É um atleta numa posição parecida com a de jogadores que temos aqui. Estamos fazendo uma análise para detectar as carências. O Hericles, por exemplo, está renovando contrato e tem uma proposta para sair. Uma função parecida com a do Jeremias, que está num bom desempenho. Vamos trabalhar com um grupo bem enxuto, não podemos ter excesso de jogadores numa mesma posição ",comentou o diretor.

Em 2018, Geovani foi utilizado em 16 partidas da equipe principal, além de duas rodadas na disputa do Campeonato Brasileiro de Aspirantes, com a equipe Sub-23. Com a camisa coral, marcou apenas um gol, na vitória sobre o Atlético/AC, pela Série C.

Compartilhe:

Nei Pandolfo comenta situação de Geovani, devolvido após empréstimo ao Japão

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.