Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

25,75

Classifique:

O Clube

Documentação, consultorias e patrimônio: como as dívidas corais estão sendo geridas

Publicado: quarta-feira,2 de outubro de 2019, às 17:56
Por: Alexandre Ricardo

Uma das principais preocupações da gestão do presidente Constantino Júnior, que caminha para o seu último ano de mandato, é a de entregar o Santa Cruz com as contas menos desequilibradas. Nas últimas temporadas, principalmente com o Mais Querido disputando a Série C do Brasileirão, a dificuldade é sempre grande de honrar os compromissos e manter os custos operacionais do clube.

Para isso, o mandatário criou o Núcleo de Gestão, responsável por estipular os orçamentos e projetar cenários positivos e negativos a cada ano. Composto por diretores como Fred Dias, que compôs o departamento de futebol em 2018, o comitê é liderado por Roberto Freire, que detalhou o trabalho desenvolvido desde a posse da atual cúpula tricolor. 

" Dividimos o passivo do Santa Cruz em seis grupos, que é coordenado por um especialista. Cada um desses especialistas estão levantando as dívidas do clube. Além disso, temos três consultorias. Uma especializada na questão previdenciária, uma que está tratando da parte trabalhista e tributária. E outra empresa de auditoria externa para validar documentos em processos do clube ", contou Roberto Freire.

O objetivo é claro: fazer um mapeamento dos déficits acumulados nos últimos anos e clarear o potencial financeiro que o Santa Cruz pode atingir. O indicador responsável por isso, ainda segundo Roberto Freire, é o do patrimônio líquido do clube das três cores.

" Nesse caminho, já estamos há 20 meses tentando buscar as documentações que comprovem as dívidas do clube. Não podemos só pensar em levantar a dívida, precisamos também levantar o patrimônio líquido. Trouxemos empresas também para levantar o valor da marca, que antes não era contabilizado. Provavelmente vamos ter uma elevação no número do passivo, mas conhecendo esse número líquido ", concluiu.

Foto: Rodrigo Baltar

Compartilhe:

Documentação, consultorias e patrimônio: como as dívidas corais estão sendo geridas

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.