Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

51,5

Classifique:

Futebol Profissional

Aguardando acordo, Celsinho avalia passagem e lamenta poucos jogos pelo clube

Publicado: sexta-feira,13 de setembro de 2019, às 12:30
Por: Alexandre Ricardo

Como se não bastasse o gostinho amargo por ter sido eliminado na primeira fase da Série C, um jogador do elenco do Santa Cruz encerra a temporada lamentando o fato de não ter ajudado como poderia, dentro de campo. Celsinho foi um dos contratados para a disputa do Campeonato Brasileiro, mas uma lesão na coxa acabou o afastando de boa parte da competição.

Depois de ter defendido o Água Santa/SP nos quatro primeiros meses do ano, o meio-campo chegou e estreou logo na primeira partida do técnico Milton Mendes à frente do Mais Querido, quando o clube das três cores venceu o ABC/RN por 2x1, no Arruda. Porém, no último treinamento antes do jogo seguinte, diante do Imperatriz/MA, Celsinho acabou se machucando.

Ele demorou quase três meses para voltar a ser relacionado, sendo utilizado apenas nas duas últimas rodadas da Terceirona, contra Globo/RN e Náutico. Avaliando sua passagem pelo Santa Cruz, o atleta lamentou o período em que esteve fora de ação e não pôde dar sua contribuição.

" Essa lesão acabou me privando de fazer muitas coisas positivas para o clube. Ninguém esperava, muito menos eu, esse período sem atuar. Me preparei muito para esse retorno meu ao campo e no final da competição eu pude voltar. No jogo contra o Globo fizemos uma boa partida, no clássico houve a derrota, tirando qualquer análise individual. Poderia ter ajudado mais ", disse Celsinho, em entrevista à Rádio CBN Recife.

Sobre o futuro, o armador revelou que o contrato junto ao clube vai até o início de outubro, aguardando apenas o aval do presidente Constantino Júnior para selar o acordo direcionado nas primeiras conversas. Apesar das poucas chances de permanência, ele não negou que gostaria de ficar para o ano de 2020.

" A princípio, como o clube está sem atividade, estamos buscando resolver em termos de acordo. Nós já conversamos e entramos em uma fase de negociação, falando de valores. Agora só falta o presidente para resolvermos essa situação. Qualquer atleta em atividade quer atuar em grandes equipes. E o Santa Cruz proporciona isso. Sem sobra de dúvidas existe minha vontade, mas não depende só de mim. Mas a tendência é de um acordo para quebra de contrato ", contou.

Foto: Jota Santana

Compartilhe:

Aguardando acordo, Celsinho avalia passagem e lamenta poucos jogos pelo clube

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.