Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

29,4285714285714

Classifique:

Futebol Profissional

Santa Cruz é dominado pelo Náutico, perde clássico e está fora da Série C

Publicado: sábado,24 de agosto de 2019, às 19:16
Por: Alexandre Ricardo

O TIME - A escalação do Santa Cruz para o Clássico das Emoções, na última rodada da primeira fase da Série C, foi confirmada sem mistérios por parte do técnico Milton Mendes. A única mudança em relação à rodada passada, na vitória sobre o Globo/RN, foi o retorno de Dudu ao ataque, depois de ter cumprido suspensão pelo terceiro cartão amarelo. Jailson foi quem perdeu lugar na equipe titular. A formação tricolor teve Anderson; Cesinha, João Victor, Vitão e Victor Lindenberg; Charles, Everton e Daniel Costa; Dudu, Augusto e Elias.

O JOGO - Precisando vencer e ainda torcer por outros resultados para avançar na Série C, o Santa Cruz viu o Náutico ser bem mais competente para dominar o clássico nos Aflitos e vencer por 3x1. Com o resultado, o Timbu termina a primeira fase na liderança do Grupo A, enquanto o Mais Querido dá adeus à competição e vai para o terceiro ano seguido na terceira divisão do futebol nacional.

A necessidade pelo resultado fez o Santa Cruz acelerar a partida logo nos primeiros instantes, tentando incomodar o Náutico a partir da movimentação do seu trio ofensivo. Porém, mesmo preservando titulares como o zagueiro Camutanga e o atacante Thiago, o time alvirrubro esteve sempre bem à vontade para anular as investidas corais e incomodar quando tinha a bola.

Nem mesmo a ótima presença da Torcida Mais Apaixonada do Brasil, no setor de visitantes, fez com que os comandados de Milton Mendes pressionassem o rival no seu campo de defesa. As melhores oportunidades vieram, como de praxe, através das cobranças de falta de Charles, que foi parado pelo goleiro Jefferson. Do outro lado, Anderson deu as caras e trabalhou principalmente em chutes de Jean Carlos, de fora da área, além da aterrorizante bola parada.

Os gols feitos ainda no primeiro tempo já apontavam que só uma reação histórica colocaria a Cobra Coral de volta na briga, já que em São Luís do Maranhão o Imperatriz não era vazado pelo Sampaio Corrêa. A eliminação teve de ser assimilada com pouco tempo de bola rolando após o intervalo, com o terceiro gol marcado pelo Náutico.

Nem mesmo o gol de honra surtiu efeito, com os alvirrubros continuando a mandar no jogo e criando as melhores chances. A entrada de Warley na lateral-direita deu mais profundidade à equipe coral, mas as jogadas não encaixavam e a defesa adversária seguiu trabalhando pouco. Os minutos foram passando, com o Náutico mais perto do quarto gol do que o Santa Cruz de encostar no placar. Aos gritos de "olé" da torcida rival, o clube das três cores deu adeus à competição.

GOLS - O Náutico abriu o placar com 30 minutos de bola rolando. Depois de Jean Carlos cobrar falta na área, Rafael Oliveira exigiu uma linda defesa de Anderson, que mandou para escanteio. No tiro de canto, o próprio Jean Carlos cruzou e Diego Silva subiu mais que toda defesa coral para estufar as redes corais. A vantagem foi ampliada nos acréscimos ainda do primeiro tempo, antes do intervalo. Jean Carlos ficou com a sobra após corte de Victor Lindenberg e, com liberdade, chutou colocado de fora da área e acertou o ângulo direito do camisa 1 tricolor. A tranquila vitória do Náutico foi ratificada nos primeiros cinco minutos do segundo tempo, quando Erick Daltro cruzou na medida e Jhonnatan anotou o terceiro. Logo depois, por volta dos sete minutos, Augusto roubou a bola na esquerda, entrou na área e ajeitou para Dudu, que bateu de pé direito e diminuiu o prejuízo.

MODIFICAÇÕES - Pouco depois dos dez minutos da etapa final, com o marcador apontando 3x1 para o Náutico, o Santa Cruz mexeu pela primeira vez. Cesinha foi substituído por Warley. Por volta dos 19, Celsinho entrou em campo, para a saída de Augusto. O relógio marcava 31 minutos e a última cartada veio com Guilherme Queiróz, compondo o ataque coral e sendo acionado na vaga de Daniel Costa.

Compartilhe:

Santa Cruz é dominado pelo Náutico, perde clássico e está fora da Série C

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.