Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

68,6666666666667

Classifique:

Futebol Profissional

Ajustando bola parada, Santa Cruz encerra preparativos para clássico decisivo

Publicado: sexta-feira,23 de agosto de 2019, às 11:32
Por: Alexandre Ricardo

O último treino coral, antes do clássico com o Náutico, aconteceu na manhã desta sexta-feira(23), no Estádio do Arruda. Enquanto a torcida formava duas grandes filas nas dependências do José do Rego Maciel, para garantir ingressos, o plantel tricolor realizou os ajustes finais para o duelo com os alvirrubros. 

Na primeira parte do trabalho, depois do aquecimento com rodas de bobinho, o técnico Milton Mendes repetiu algumas jogadas ofensivas, sem a presença dos zagueiros. Estiveram presentes Cesinha, Charles, Everton e Victor Lindenberg; Daniel Costa, Augusto, Dudu e Elias. Defendendo, além da dupla de zaga titular composta por João Victor e Vitão, treinaram Augusto Potiguar, Bruno Ré, Marcelo Mattos e Kadu.

Logo em seguida, cobranças de escanteio foram ensaiadas, tanto ofensivas quanto defensivas. Neste momento, a equipe titular foi disposta com os dez jogadores de linha: Cesinha, João Victor, Vitão e Victor Lindenberg; Charles, Everton e Daniel Costa, Augusto, Dudu e Elias. No enfrentamento, os reservas tinham Augusto Potiguar, William Alves, Danny Morais e Bruno Ré; Marcelo Mattos, Lucas Gonçalves, Kadu e Celsinho; Misael e Guilherme Queiróz.

A movimentação foi encerrada com um recreativo, com alguns jogadores batendo pênaltis em uma das barras. Nomes como Everton, Celsinho e Elias tiveram um bom aproveitamento, sendo supervisionados pelo auxiliar técnico Thiago Duarte. Agora, os relacionados entram em regime de concentração para o Clássico das Emoções, marcado para às 17h do sábado, no Estádio dos Aflitos.

Foto: Assessoria de Imprensa/Santa Cruz

Compartilhe:

Ajustando bola parada, Santa Cruz encerra preparativos para clássico decisivo

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.