Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

34,3333333333333

Classifique:

Futebol Profissional

Santa Cruz empata com o Confiança/SE e fica em situação delicada na Série C

Publicado: domingo,11 de agosto de 2019, às 20:15
Por: Alexandre Ricardo

O TIME - Apenas duas mudanças foram realizadas na equipe, em relação ao desafio diante do Imperatriz/MA, na rodada passada. Retornando após cumprir suspensão, o volante Charles fez com que Kadu saísse do time. No ataque, Guilherme Queiróz foi poupado dos treinamentos com bola da semana e sequer viajou para Aracaju/SE. Augusto foi escolhido para o comando de ataque coral. O Santa Cruz foi disposto com Anderson; Cesinha, João Victor, Vitão e Victor Lindenberg; Lucas Gonçalves, Charles e Everton; Dudu, Jailson e Augusto.

O JOGO - Precisando vencer para se manter vivo na busca pela classificação à próxima fase da Série C, o Santa Cruz saiu no prejuízo contra o Confiança/SE, fora de casa. Porém, a reação ficou no empate, com o Time do Povo retornando para Recife somando apenas um ponto na bagagem, mantendo a situação delicada na tabela. Agora, faltando duas derrotas, só os seis pontos interessam.

Vindo de duas derrotas seguidas na competição, ambas fora de casa, o Confiança iniciou a partida com maior protagonismo, preenchendo o meio-campo e criando as chances com muita velocidade. A principal arma era a bola aérea, contando com as chegadas do lateral-direito Thiago Ennes, assistente do gol marcado pelo zagueiro Anderson, que chegou a ser contratado pelo Santa Cruz neste ano, mas pediu para sair antes de estrear.

Logo após abrir o placar, os donos da casa continuaram com volume de jogo, chegando perto de ampliar quando Renan Gorne fez o pivô na área e ajeitou para Everton, mas o camisa 7 sergipano mandou para fora. Encontrando o empate também na bola parada, o Mais Querido cresceu no jogo e passou a melhorar sua posse de bola, principalmente após a entrada de Daniel Costa. 

E foi justamente o meia quem deixou Augusto na boa para virar a partida, mas o camisa 9 foi pressionado pela marcação, próximo da marca de pênalti, e mandou para fora. A chuva foi protagonista dos últimos minutos antes do intervalo, refletindo na redução do ritmo das equipes. E o equilíbrio foi a tônica do segundo tempo, mesmo com os clubes precisando do resultado positivo. 

Logo aos quatro minutos após a volta dos vestiários, o Confiança pediu pênalti quando Ítalo invadiu a área pela esquerda e tocou para trás. Charles deu carrinho para afastar e a reclamação do Dragão foi por um suposto toque no braço do camisa 5. Os minutos foram se passando e, mesmo com as mudanças, existia muita dificuldade para a construção das jogadas, proporcionando poucos momentos de perigo.

Enquanto o Santa Cruz apostava na agilidade dos pratas da casa Warley e Elias, o Confiança tentava aproveitar os espaços deixados com a subida de Vitão ao ataque, nos últimos lances. A maior dessas escapadas aconteceu no lance final da partida. Ari Moura roubou a bola e partiu em velocidade, ficando cara a cara com Anderson. Na finalização, o atleta acabou mandando para fora.

GOLS - O Confiança ficou na frente aos 11 minutos, com Thiago Ennes cobrando escanteio da direita e o zagueiro Anderson desviando para marcar 1x0. O empate tricolor foi alcançado com 20 minutos, através de uma cobrança de falta batida por Charles. O goleiro Genivaldo ainda tocou na bola, mas não evitou o gol coral. 

MODIFICAÇÕES - A primeira mudança realizada por Milton Mendes aconteceu ainda no primeiro tempo, quando o relógio marcava cerca de 35 minutos. Já com cartão amarelo, Lucas Gonçalves foi substituído por Daniel Costa. Antes dos dez minutos da etapa final, foi a vez de Jailson deixar a equipe. Warley entrou no lugar dele. 

Compartilhe:

Santa Cruz empata com o Confiança/SE e fica em situação delicada na Série C

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.