Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

51,5

Classifique:

Futebol Profissional

Milton Mendes exalta coragem do time e defende presidente das vaias

Publicado: sexta-feira,2 de agosto de 2019, às 23:44
Por: Alexandre Ricardo

Logo após o segundo gol do Imperatriz/MA, já na reta final do jogo, o clima de insatisfação tomou conta da torcida coral, na Arena de Pernambuco. Gritos de ordem foram direcionados à equipe em campo e, principalmente, à diretoria do Santa Cruz, representada pelo presidente Constantino Júnior. 

Na coletiva de imprensa, realizada após a partida, o técnico Milton Mendes se mostrou bastante chateado com o ambiente desfavorável que durou até o empate anotado por Vitão. De acordo com ele, o trabalho realizado pelo mandatário tricolor, nos bastidores, acabam caracterizando as críticas como injustas, salientando ainda que não existe apenas um culpado.

" Foram injustas as palavras direcionadas ao nosso presidente, que está batalhando, tentando dar as melhores condições. É a única coisa triste que eu levo dessa noite, por se tratar de um homem lutador, que dedica 24h ao clube, Várias vezes o vejo noite adentro no clube. Importante dizer que, em tudo na vida, não existe um só culpado. Todos nós procuramos sempre buscar as coisas, às vezes nos frustramos com as expectativas ", falou o treinador. 

Aproveitando o gancho, Milton Mendes fez um pedido à torcida. " Sempre pedi ao torcedor que viesse ao campo para nos ajudar, esperar o último minuto. Depois disso, aí sim ele pode mostrar sua insatisfação. Peço reflexão a quem veio aqui e se manifestou previamente. Precisamos de apoio. Se ele nos abadona agora, é como se um pai abandonasse o filho. Ninguém quer ganhar tanto como nós, estamos trabalhando para conseguir os resultados ", completou o comandante.

Em relação ao jogo propriamente dito, o técnico enalteceu a entrega dos atletas, que foram buscar os três pontos dentro dos acréscimos do segundo tempo. Na sua opinião, o placar de 2x1, a favor dos visitantes, seria injusto por tudo que o Santa Cruz tentou durante a partida.

" Nossa equipe soube, o tempo inteiro, se entregar, buscar o resultado. Normalmente abrem-se os espaços, quando existe a necessidade. Fomos corajosos, porque o futebol pede isso. Seria injusto o resultado negativo. Trabalhamos três situações: estando ganhando, empatando ou perdendo. Quando tivemos problemas nos últimos minutos, executamos aquilo que ensaiamos. O diferencial foi o jogo direto. A luta é contínua, vai haver sempre ", analisou.

DEDICAÇÃO 
" Todos se doaram muito. O Everton, com dores na panturrilha, seguiu até o final, até porque já tínhamos feito as três substituições. Dedico essa vitória ao Constantino (Júnior) e à família dele, além dos jogadores, que estão lutando muito ".

RETROSPECTO 
" Disse no vestiário que, para ser Santa Cruz, tem que sofrer até o final. Conseguimos alguns resultados na parte final dos jogos. Vamos dar tudo que nós temos para levar o time à classificação primeiro. Depois, conseguir a melhor posição possível. A partir daí, ir em busca do acesso no mata-mata ".

Compartilhe:

Milton Mendes exalta coragem do time e defende presidente das vaias

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.