Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

77,25

Classifique:

Futebol Profissional

Numa atuação impecável, Santa Cruz despacha ABC/RN e segue na Copa do Brasil

Publicado: quarta-feira,10 de abril de 2019, às 23:43
Por: Alexandre Ricardo

O TIME - Desfalque nos dois treinos de preparação para o compromisso diante do ABC/RN, o zagueiro Danny Morais acabou sendo vetado pelo departamento médico e sequer ficou no banco de reservas. A dupla na defesa coral foi a mesma do jogo de ida, composta por William Alves e João Victor. As outras duas novidades ficaram por conta de Charles, escalado na cabeça de área ao lado de Ítalo Henrique, e o atacante Dudu, que fez sua estreia como titular, depois de atuar por aproximadamente 25 minutos contra o CRB/AL, pela Copa do Nordeste. Sendo assim, o Santa Cruz foi a campo com Anderson; Marcos Martins, João Victor, William Alves e Carlos Renato; Charles, Ítalo Henrique e Allan Dias; Dudu, Augusto e Pipico. 

O JOGO - Foi uma atuação para guardar na memória. Precisando reverter a vantagem construída pelo adversário, o Santa Cruz mostrou muita aplicação para conseguir o placar de 3x0 e avançar mais uma fase da Copa do Brasil. Agora, o Mais Querido aguarda sorteio promovido pela CBF para conhecer seu próximo adversário na competição.

Os primeiros minutos do jogo mostravam a intenção do Santa Cruz, aproveitando o grande apoio da torcida para pressionar o ABC. Apostando numa linha de marcação alta, com Dudu e Augusto auxiliando Pipico na frente, o time tricolor exigiu boas defesas do goleiro Edson, chegando duas vezes com Allan Dias. À medida que o tempo iria passando, a equipe potiguar se mostrava confortável e chegou a incomodar, principalmente com o meia-atacante Luan.

Antes de balançar as redes pela primeira vez, o único representante de Pernambuco no torneio nacional chegou com Augusto, que cabecou para uma bonita intervenção do arqueiro alvinegro. Porém, o panorama mudou com dois gols em menos de dez minutos, antes das equipes descerem para o intervalo. No lance do gol de Pipico, que abriu caminho para o triunfo coral, o zagueiro Maurício acabou se chocando com o camisa 9 tricolor e teve que ser substituído.

O ritmo frenético durou até mesmo depois do gol marcado por Charles, numa cobrança de falta originada de contra-ataque puxado por Ítalo Henrique e Pipico. Antes do mineiro Igor Junio Benevenuto de Oliveira apitar o fim dos primeiros 45 minutos, Augusto desviou falta vinda da direita e William Alves mandou para as redes. O bandeirinha até não assinalou o impedimento, mas o juiz chamou a responsabilidade e impugnou o lance.

Marcando o terceiro logo no início do parte final de jogo, o Santa Cruz administrou o resultado com muita sabedoria. Se o volume ofensivo foi naturalmente reduzido, nem as trocas ofensivas do ABC foram suficientes para mexer no marcador. Se Pipico brilhou lá na frente, a defesa como um todo apresentou muita segurança para sair de campo sem ser vazada.

GOLS - O torcedor coral soltou o grito de gol com 41 minutos de jogo. Marcos Martins cobrou escanteio da direita, com precisão, para Pipico cabecear entre os zagueiros do ABC e abrir o placar. O segundo sairia ainda antes do intervalo. Aos 46, já nos acréscimos, Charles acertou cobrança de falta, do meio da rua, para iniciar a vantagem tricolor. Apenas dois minutos da etapa final foram suficientes para Pipico fazer o terceiro do jogo e o segundo dele. O camisa 9 recebeu na área e tentou o toque para o meio. O braço do zagueiro Henrique estava pelo caminho e o árbitro marcou pênalti. Na batida, o goleiro Edson até tocou na bola, mas o xodó da Torcida Mais Apaixonada do Brasil foi para a galera.

MODIFICAÇÕES - A primeira mudança do Santa Cruz foi realizada aos 15 minutos do segundo tempo, com Patrick Vieira assumindo o setor de criação, no lugar de Allan Dias. Poucos instantes depois, ao receber um cartão amarelo por ter matado o contra-ataque do adversário, Ítalo Henrique foi quem deixou o campo, entrando Diego Lorenzi. Por volta dos 30 minutos, a última mexida aconteceu. Bruno Ré substituiu o atacante Dudu. Com isso, Carlos Renato foi adiantado para o setor ofensivo.

Compartilhe:

Numa atuação impecável, Santa Cruz despacha ABC/RN e segue na Copa do Brasil

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.