Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

61,8

Classifique:

Futebol Profissional

Último treinador do clube em 2018, Roberto Fernandes reencontra o Santa Cruz

Publicado: sexta-feira,5 de abril de 2019, às 09:22
Por: Alexandre Ricardo

O duelo entre Santa Cruz e CRB/AL, válido pelas quartas de final da Copa do Nordeste, marca o reencontro do técnico Roberto Fernandes com o Santa Cruz. Depois de comandar o Mais Querido na temporada passada, o treinador chegou ao clube alagoano ainda ao final da Série B do Campeonato Brasileiro, sendo peça fundamental na campanha de fuga do rebaixamento.

Contratado em maio de 2018 pela Cobra Coral, José Roberto Fernandes Barros tinha a missão de conduzir o Santa Cruz rumo ao acesso para a Série B do futebol nacional, logo depois de conquistar o Campeonato Pernambucano pelo Náutico, onde é ídolo. Vencendo o Central na decisão, o técnico tirou o jejum alvirrubro de 14 anos sem títulos conquistados.

A estreia de Roberto Fernandes aconteceu com empate diante do Confiança/SE, fora de casa. Conseguindo classificar a equipe coral para o mata-mata, o treinador acumulou seis vitórias, quatro empates e quatro derrotas, resultando num aproveitamento de 52,3%. O fim da linha aconteceu justamente na primeira eliminatória, que decidiu os clubes promovidos para a Segunda Divisão. Depois de vencer a ida por 1x0, o Mais Querido foi derrotado por 3x0 para o Operário Ferroviário, na cidade de Ponta Grossa/PR.

Em 2019, já são 20 jogos à frente do Galo da Pajuçara. O que chama atenção é o número de empates: foram dez igualdades até o momento, com oito triunfos. Além de chegar na reta decisiva do Nordestão, o CRB está na grande final do Campeonato Alagoano, contra o rival CSA, além de atingir a terceira fase da Copa do Brasil, encarando o Esporte Clube Bahia.

Compartilhe:

Último treinador do clube em 2018, Roberto Fernandes reencontra o Santa Cruz

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.