Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

68,6666666666667

Classifique:

Futebol Profissional

Cada vez mais à vontade, Patrick Vieira confessa ansiedade para entrar em campo

Publicado: quarta-feira,20 de março de 2019, às 17:40
Por: Alexandre Ricardo

Demorou, mas enfim o meia-atacante Patrick Vieira foi acionado pelo técnico Leston Júnior, ao atuar por 15 minutos na vitória sobre o Central, na última quinta-feira(14). Enfim sendo relacionado para os jogos, o atleta de 27 anos falou pela primeira vez numa entrevista coletiva, como jogador do Santa Cruz, e não negou a ansiedade para jogar.

" Querendo ou não, você fica em casa vendo os jogos e fatalmente quer logo jogar, bate a ansiedade. Mas como eu perdi a pré-temporada, foi necessária essa transição para que eu pudesse ficar à disposição. Estou me sentindo bem. Essa semana livre me faz ganhar outro tempo para trabalho. Agora é questão de se adaptar a alguns pontos. O que me ainda me falta é sequência, ritmo de jogo. Senti um pouco a parte física, por ser a primeira partida da temporada ", disse o último nome anunciado como reforço para a temporada.

Revelado pelo Palmeiras/SP, Patrick Vieira tem passagem pelo futebol pernambucano, quando atuou com a camisa do Náutico em 2015, emprestado junto ao clube alviverde. Feliz por voltar a Recife, o jogador garantiu estar bem adaptado ao Nordeste, já que tem boa parte da sua carreira construída entre Sul e Sudeste, além de uma experiência no futebol japonês. 

" A torcida pode esperar um cara que se doa em todos os minutos que estiver em campo. Dedicado, querendo se qualificar em todos os momentos, aspectos. Estou bem tranquilo no Nordeste, já passei aqui no rival. É uma cidade que gosto, um Estado que me sinto bem. Espero ter sequência para ajudar e conseguir bons resultados no decorrer das competições ", garantiu.

POSICIONAMENTO
" Na verdade, me destaquei no Palmeiras jogando aberto, pelas pontas. Depois, no Japão, passei a jogar mais centralizado, como meia. Em 2015, no Náutico, cheguei mais perto da área, onde marquei uma boa quantidade de gols. Tanto pelo meio quanto nas beiradas, me sinto bem. Já joguei nas duas posições, não é nada novo para mim ".

CARACTERÍSTICAS 
" Posso dar mais técnica na condução da bola, minha característica é mais arrastada. Do passe e de deixar os companheiros na cara do gol. Temos sido cobrados desde o início da semana para trabalhar a posse, evitando desgaste na hora da marcação, por estar correndo atrás. Acredito que posso auxiliar nisso ".

Foto: Assessoria de Imprensa/Santa Cruz

Compartilhe:

Cada vez mais à vontade, Patrick Vieira confessa ansiedade para entrar em campo

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.