Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

82,4

Classifique:

Futebol Profissional

Ainda sem marcar durante os 90 minutos, Guilherme Queiróz admite ansiedade

Publicado: sexta-feira,15 de março de 2019, às 16:07
Por: Alexandre Ricardo

A suspensão do atacante Pipico no Campeonato Pernambucano abriu espaço para Guilherme Queiróz ser acionado no time titular do Santa Cruz, na partida contra o Central. Se a punição para o artilheiro da equipe na temporada for mantida, Guilherme permaneça na equipe até as quartas de final da competição. 

Com sete jogos disputados até o momento, Guilherme Queiróz ainda não marcou com a camisa coral, balançando as redes apenas na disputa dos pênaltis da segunda fase da Copa do Brasil, contra o Náutico, justamente o próximo adversário do Mais Querido, mas pelo Estadual.

Preciso parabenizar os atletas pelo entendimento da mudança que levamos para o segundo tempo. Nós tivemos uma postura de poucos erros defensivos e conseguimos ser eficaz na qualidade técnica do Allan.

" Tenho certeza que o gol vai sair no momento certo. Estou trabalhando, o pênalti foi importante na Copa do Brasil, mas nos 90 minutos ainda não saiu. Espero, o mais breve possível, pôr fim a isso e acabar com a ansiedade. Sei do momento que o Pipico vive e da responsabilidade em substituí-lo, mas quero mostrar mais do Guilherme, porque eu vim para cá ", disse o atacante de 28 anos.

Em relação às cobranças que têm sido realizadas quanto ao desempenho do time tricolor, Guilherme Queiróz concordou com as palavras do técnico Leston Júnior, que pediu uma maior compreensão diante dos fatores como calendário intenso e número de desfalques. Por outro lado, o atleta reconheceu que, num clube do tamanho do Santa Cruz, situações como essa são comuns.

" A cobrança sempre vai haver. Mas às vezes, dependendo do jogo, acaba sendo forte demais. Temos que estar dispostos a receber as críticas, vestimos uma camisa pesada e teremos de estar aqui para mostrar nosso melhor sempre. Nem sempre vamos conseguir jogar bem, mas foi importante a vitória e temos que valorizar isso. O grupo está fechado, ciente das responsabilidades ", relativizou.

NÁUTICO 
" Um time conhece o outro já, mas cada jogo é uma história. Temos que ir com força máxima para ir e buscar a vitória, cientes das dificuldades. Existe a oportunidade de alcançar a liderança e nosso pensamento é terminar a primeira fase nas melhores posições possíveis ".

NETO COSTA
" Como o professor Leston falou, me aproximo das características do Pipico, pois sou mais de mobilidade, um segundo atacante. O Neto Costa faz melhor o pivô, de segurar a bola. Mas independentemente de quem entrar, o time estará bem servido ".

Foto: Assessoria de Imprensa/Santa Cruz

Compartilhe:

Ainda sem marcar durante os 90 minutos, Guilherme Queiróz admite ansiedade

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.