Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

82,4

Classifique:

Futebol Profissional

Na primeira coletiva como profissional, João Victor mostra inspiração em Danny Morais

Publicado: terça-feira,5 de março de 2019, às 10:11
Por: Alexandre Ricardo

O sorriso tímido combina com o balançar das pernas e as curtas frases nas respostas. Cada vez mais ganhando oportunidades no time principal do Santa Cruz, o prata da casa João Victor concedeu sua primeira coletiva de imprensa como profissional. Até o momento, na temporada, o atleta de 21 anos participou de três partidas, em todas elas como titular e desempenhando um bom futebol.

Não é a primeira oportunidade do jogador na equipe de cima, já que em 2016 ele foi acionado na última rodada da Série A do Brasileirão, quando o Mais Querido foi derrotado para o São Paulo, fora de casa. Agora, em outro contexto, João Victor agradeceu o técnico Leston Júnior pela confiança nele depositada. 

" O professor Leston passa muita tranquilidade para a gente no dia a dia e comigo não é diferente. Tento ficar tranquilo, sei da responsabilidade que é defender o clube. Sempre estou à procura da melhora, agradeço a Deus por abrir as portas para mim. O Santa Cruz é tudo para mim. Estou recebendo minhas primeiras oportunidades e sou muito grato por isso. Quero seguir trabalhando e correspondendo ", falou. 

Chegando no Santa Cruz em 2015, através de uma peneira para o Sub-17, o jogador tem uma inspiração que vem do próprio atual plantel coral. Ao contar a forma como é tratado pelos mais experientes, João Victor vê no capitão Danny Morais uma referência a ser seguida para a continuidade da sua carreira. 

Todo elenco me passa confiança. Principalmente no primeiro jogo, aquela expectativa toda. O Danny veio falar comigo para que eu pudesse ter tranquilidade e mantivesse o foco. Inclusive, o vejo como uma pessoa incrível, assim como todos os outros. É um espelho como pessoa e, obviamente, na minha posição ", revelou o jovem defensor. 

TRAJETÓRIA 
" Tive muita dificuldade no começo da minha caminhada. Às vezes faltava dinheiro para passagem, venho de uma família humilde. Mas o clube sempre me ajudou e hoje estou aqui. Sei jogar de volante, passei boa parte da minha base jogando ali. Mas hoje me considero um zagueiro, estou adaptado à posição ".

Foto: Assessoria de Imprensa/Santa Cruz

Compartilhe:

Na primeira coletiva como profissional, João Victor mostra inspiração em Danny Morais

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.