Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

85,8333333333333

Classifique:

Futebol Profissional

Num jogo de superação, Santa Cruz conta com Pipico para passar pelo Moto Club/MA

Publicado: sábado,2 de março de 2019, às 18:07
Por: Alexandre Ricardo

O TIME - Como se não bastassem os problemas já conhecidos, como as ausências de Ricardo Ernesto, Danny Morais e Jô, o técnico Leston Júnior ganhou mais dois desfalques de última hora. Marcos Martins, com um desconforto na coxa direita, e o volante Eduardo, que sofreu um trauma no pé direito, foram vetados pelo departamento médico e sequer ficaram no banco de reservas. Na defesa, uma mudança por opção, acionando o prata da casa João Victor, no lugar de Vitão. Diante disso, o Santa Cruz foi a campo com Anderson; Augusto Potiguar, João Victor, William e Bruno Ré; Charles, Diego Lorenzi, Allan Dias; Cesinha, Elias e Pipico. 

O JOGO - A chuva acabou sendo o principal personagem do confronto entre Moto Club/MA e Santa Cruz, pela quinta rodada da Copa do Nordeste. Durante os 90 minutos, os times tiveram que lidar com o gramado pesado, que até suportou bem durante os primeiros 45 minutos. No final, melhor para a equipe das três cores, que derrubou a invencibilidade dos maranhenses na temporada. 

O Moto Club começou o jogo tomando a iniciativa das ações, apostando na velocidade pelos lados e dificultando a troca de passes do Mais Querido. Passados os dez minutos iniciais, o Santa Cruz passou a ter mais controle da bola, sem permitir que os donos da casa acelerassem o ritmo da partida. A primeira grande oportunidade tricolor aconteceu com 22 minutos, quando Bruno Ré acertou cruzamento e Pipico cabeceou na trave esquerda do arqueiro adversário. 

No intervalo de tempo entre 34 e 36 minutos da etapa inicial, as duas equipes chegaram perto de inaugurar o marcador. Primeiro, o Moto Club balançou as redes de Anderson, com Juninho Arcanjo desviando chute de Lucas Hulk. Mas o bandeirinha, de forma equivocada já que João Victor dava condições, acabou marcando o impedimento. Depois, Pipico novamente teve uma boa oportunidade. Desta vez, chutou colocado e exigiu que Rodolfo espalmasse para escanteio.

Como era de se esperar, a volta do intervalo foi de maior ímpeto por parte do Papão do Norte, que acuou o Santa Cruz no campo de ataque tentava, a todo custo, buscar o empate. Porém, mostrando muita consistência defensiva, o Time do Povo conseguiu anular as investidas do oponente, mas pecava quando tinha a bola e não conseguia dar sequência nas jogadas. 

Com o fim da partida se aproximando e a chuva apertando, o gramado do Castelão acabou não suportando. Diante de muitas poças de água, as equipes não conseguiam realizar os passes, recorrendo para a bola aérea. Num alto nível de entrega, o Santa Cruz foi valente para garantir os três pontos e continuar no G4 do Grupo A do Nordestão.

GOLS - O Santa Cruz foi recompensado com o gol aos 36 minutos do primeiro tempo. William desviou, no primeiro pau, escanteio cobrado por Augusto Potiguar. No rebote do goleiro Rodolfo, Pipico mostrou tranquilidade e empurrou para o fundo das redes.

MODIFICAÇÕES - A primeira mudança da Cobra Coral veio só com 25 minutos do segundo tempo. Se queixando de dores, Elias deu lugar a Sillas Gomes no lado esquerdo do ataque. Por volta dos 31 minutos, Cesinha também recebeu atendimento médico no campo, sendo substituído logo em seguida por Luiz Felipe. A última cartada aconteceu quando faltava pouco menos de quatro minutos para o fim do tempo regulamentar. Na tentativa de segurar o triunfo, Leston Júnior tirou Allan Dias e mandou Vitão a campo.

Compartilhe:

Num jogo de superação, Santa Cruz conta com Pipico para passar pelo Moto Club/MA

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.