Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

91,5555555555555

Classifique:

Futebol Profissional

Leston Júnior analisa alternâncias e aponta torcida determinante para classificação

Publicado: quinta-feira,21 de fevereiro de 2019, às 01:11
Por: Alexandre Ricardo

Cumprindo seu terceiro clássico no comando do Santa Cruz, o técnico Leston Júnior voltou a argumentar acerca das nuances que um duelo local reserva. Depois de sair na frente, o Mais Querido sofreu o empate e por pouco não foi eliminado no tempo normal, já que o Náutico teve duas chances de vencer na reta final da partida. 

Analisando o jogo, o comandante coral explicou o que buscava com a mudança realizada já no intervalo, quando sacou Jô do time e acionou o meio-campo Luiz Felipe. De acordo com Leston, sua equipe mais uma vez sofreu para segurar o resultado, algo parecido com o que aconteceu no primeiro enfrentamento entre os clubes na temporada.

" É muito difícil você ser melhor o tempo todo num clássico. O jogo foi equilibrado, parecido com o que aconteceu nos Aflitos, pela Copa do Nordeste. Nos 15, 20 minutos iniciais, tivemos volume. Depois eles ganharam o meio-campo e chegaram ao empate. Optamos por colocar um jogador de meio-campo na volta do intervalo, para equilibrar o setor. Incomodamos, sem criar chances, mas tivemos volume. Na metade do segundo tempo para lá, o Náutico chegou e chegou perto do gol ", resumiu o treinador. 

Como não poderia ser diferente, Leston Júnior fez questão de agradecer a energia que veio da Torcida Mais Apaixonada do Brasil. Algo crucial, segundo o técnico, foi o carinho demonstrado antes e durante as cobranças dos pênaltis, dando confiança aos jogadores. 

" Não posso deixar de fazer um agradecimento especial ao nosso torcedor. O que aconteceu domingo(17), contra o Sport, ecoou para agora, vindo numa proporção muito maior. De apoio, incentivo, entendimento nos momentos difíceis do jogo. Foi muito importante ver a arquibancada cantando num momento de tensão, incentivando ", chamou a atenção.

ANDERSON 
" Se Anderson entra contra o Sport, falha em um gol e termina 1x0 para o adversário, vem aqui e a gente perde na Copa do Brasil, o garoto não serviria para jogar no Santa Cruz. Vencer, não é o céu. Perder, não é inferno. Não podemos nos precipitar. O grupo vai prevalecer sempre, a força do conjunto ".

SEQUÊNCIA 
" Preciso parabenizar o grupo pelo nível de resposta diante de jogos muito difíceis. Clássico contra o Náutico nos Aflitos, depois viajar e vencer o Sinop/MT. Voltar e ganhar um clássico contra o Sport Recife. Dificuldades sempre evidentes, mas os atletas corresponderam. Agora, temos que ter uns dois dias regenerativos, para recuperar. Depois, vamos treinar alguma coisa para iniciar outra maratona de jogos que temos pela frente ".

Compartilhe:

Leston Júnior analisa alternâncias e aponta torcida determinante para classificação

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.