Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

68,6666666666667

Classifique:

Futebol Profissional

Vivendo experiência inédita, Danny Morais afasta apego à vantagem do empate

Publicado: terça-feira,12 de fevereiro de 2019, às 09:41
Por: Alexandre Ricardo

Apesar de estar na sua quarta temporada vestindo a camisa do Santa Cruz, o zagueiro Danny Morais está prestes a disputar a segunda edição da Copa do Brasil, pelo Mais Querido. Em 2015, o clube coral acabou não disputando o torneio, enquanto que no ano passado o defensor não chegou a tempo de atuar na eliminatória diante do Fluminense de Feira de Santana/BA. 

A única oportunidade de entrar em campo pela competição, defendendo as cores do Clube do Povo, foi na edição de 2016, quando a Cobra Coral chegou à terceira fase, sendo eliminada pelo Vasco da Gama/RJ após passar por Rio Branco/ES e Vitória da Conquista/BA. Neste ano, Danny Morais terá seu primeiro contato com o novo formato da Copa do Brasil, que dura desde 2017. 

" Para mim é um pouco diferente, nunca havia jogado neste modelo de regulamento. Estava fora do país em 2017 e em 2018 cheguei depois da eliminação. Mas olhando os outros confrontos, vimos a dificuldade que Vasco e Corinthians tiveram esse ano. É ter atenção redobrada para sair dos 90 minutos com a classificação ", contou o capitão tricolor. 

A possibilidade de empatar para conseguir avançar à segunda fase não pode ser tratada como uma zona de conforto para o Santa Cruz, na opinião do camisa 4. Ainda segundo Danny Morais, isso não dá o direito do time entrar em campo pensando em proteger a defesa. 

" Não adianta jogar para se defender, pensando no empate. Temos que escolher a melhor estratégia, vamos trabalhar durante as próximas horas. Nossos dias até agora foram de análise do que fizemos de positivo no clássico contra o Náutico, e também o que deixamos a desejar. Os detalhes do Sinop/MT vão ser passados para a gente alcançar um bom desempenho ", argumentou.

ESTRATÉGIA
" O que temos de fazer é tentar controlar o jogo, impor nosso ritmo. Se por um lado temos a vantagem do empate, eles estão jogando sob os seus domínios. É uma eliminatória, outro tipo de confronto. Qualquer detalhe pode fazer a diferença entre avançar ou ficar pelo caminho ".

Compartilhe:

Vivendo experiência inédita, Danny Morais afasta apego à vantagem do empate

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.