Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

34,3333333333333

Classifique:

Futebol Profissional

Com dois gols, Gilberto desequilibra e Santa Cruz perde para o Bahia

Publicado: sábado,26 de janeiro de 2019, às 17:55
Por: Alexandre Ricardo

O TIME - O técnico Leston Júnior teve que solucionar alguns problemas para escalar a equipe do Santa Cruz, no clássico regional contra o Bahia. Além de Neto Costa, expulso na primeira rodada, o lateral-esquerdo Bruno Ré foi outra ausência do time, vetado pelo departamento médico com uma contratura muscular na coxa. Continuando sem contar com Pipico, entregue ao departamento físico, o treinador tricolor optou pela entrada Jô no lado esquerdo do ataque, deslocando Elias para desempenhar a função de um camisa 9. Na lateral-esquerda, Raphael Soares foi o substituto imediato. Desta maneira, o Mais Querido foi formado com Ricardo Ernesto; Marcos Martins, Vitão, Danny Morais e Raphael Soares; Charles, Diego Lorenzi, Allan Dias; Augusto, Jô e Elias.

O JOGO - A superioridade técnica do Bahia refletiu dentro de campo e no placar final, em confronto válido pela segunda rodada da Copa do Nordeste. Com dois gols de Gilberto, o Esquadrão de Aço venceu por 3x1 e somou o primeiro triunfo na competição, enquanto que o Santa Cruz foi derrotado de forma inédita, nesta temporada.

O início da partida foi de maior posse de bola do Bahia, que tentava dominar o Santa Cruz com maior domínio territorial. Porém, os primeiros 15 minutos não contaram com muitas chances, sendo as ultrapassagens de Nino Paraíba pela direita os momentos de maior perigo. Do lado coral, Jô e Augusto eram facilmente anulados, mas o empate surgiu como um desafogo para o intervalo.

Os últimos 45 minutos evidenciaram a diferença de nível entre as equipes. Com poucos passes, o Bahia chegava facilmente ao ataque, envolvendo o sistema defensivo pernambucano. Após construir o resultado positivo, só restou administrar o placar, que não foi ameaçado nem com as mudanças realizadas pela Cobra Coral.

GOLS - Os visitantes abriram o placar com 18 minutos de jogo, quando Nino Paraíba invadiu a área pela direita e realizou o passe para o meio. Em velocidade, o lateral-direito Marcos Martins acabou empurrando para o próprio gol. O empate coral veio aos 38 minutos ainda do primeiro tempo: Jô descolou lançamento para Elias, que por sua vez dominou e finalizou bonito de perna esquerda, no canto direito do goleiro Douglas. O relógio estava ainda no primeiro minuto da etapa final, quando o Bahia voltou a ficar em vantagem. Artur inverteu da direita para esquerda, encontrando Moisés. O lateral baiano apenas escorou para Gilberto que, com liberdade, completou para o fundo das redes. O terceiro aconteceu apenas oito minutos depois, com Gilberto novamente. O camisa 9 aproveitou desvio no chute de Artur, driblando Ricardo Ernesto e completando para o gol.

MODIFICAÇÕES - A primeira mudança veio logo após o terceiro gol do Bahia, com Augusto sendo sacado e dando lugar a Cesinha, no lado direito do ataque. Um minuto depois, Luiz Felipe foi acionado na vaga de Jô. A última cartada aconteceu aos 34 minutos, quando Sillas Gomes realizou sua estreia, substituindo Elias. 

Compartilhe:

Com dois gols, Gilberto desequilibra e Santa Cruz perde para o Bahia

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.