Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

68,6666666666667

Classifique:

Futebol de Base

Categorias de base dão resultados e ganham elogios da direção executiva do clube

Publicado: sábado,17 de novembro de 2018, às 16:00
Por: Alexandre Ricardo

Se não foi de muito sucesso para a equipe principal, o ano de 2018 tem sido positivo para a base do Santa Cruz. O Mais Querido chegou em duas finais do Campeonato Pernambucano, nas categorias infantil e juniores, além de participar de competições como o Brasileirão de Aspirantes e a Copa do Nordeste Sub-20.

Depois da saída de Dutra, contratado para integrar o desenvolvimento das joias corais, o técnico Rômulo Oliveira assumiu o comando dos times Sub-20 e Sub-23. O profissional, que acertou com o Santa Cruz inicialmente para ser coordenador das divisões inferiores, iniciou sua carreira como auxiliar do técnico Maurício Simões, em 2009, sendo campeão da Série A2 pelo Vera Cruz, onde também foi treinador do Sub-20. Depois, comandou o Sub-17 do Náutico e conquistou o Pernambucano da categoria, em 2015.

Atualmente, a Cobra Coral luta em duas frentes. Líder do Grupo D do Nordestão Sub-20, com sete pontos ganhos em três partidas, os garotos tricolores estão na final do Pernambucano Sub-20, onde enfrentarão o Porto de Caruaru em dois jogos. Os bons resultados foram exaltados pelo presidente Constantino Júnior, que voltou a ressaltar o cuidado que tem sido dado às equipes mais jovens. 

" É muita satisfação ver que os profissionais que ali estão, desde a comissão técnica, atletas, o suporte dado pela diretoria de base, que tem Rogério Guedes, Fábio Araújo, Ênio Pedro. As pessoas têm trabalhado ininterruptamente para que a gente possa oferecer uma condição de atropelar algumas dificuldades. Sabemos da falta de um Centro de Treinamento, que está muito próximo de ser entregue. Mas tudo é fruto de muita preocupação com as nossas promessas ", elogiou o mandatário. 

Sobre a ideia de valorizar os pratas da casa no planejamento do time de cima para o ano que vem, o presidente coral quer que desta vez não fique apenas no discurso. De acordo com ele, o Santa Cruz deve enxergar nessa valorização uma possibilidade de ter novamente um fôlego financeiro, negociando revelações e evitando que o clube gaste tanto no mercado.

" Quem está pudendo acompanhar de perto, tem visto o crescimento até com resultados, que não eram esperados para esse primeiro momento e têm acontecido. Mas fundamentalmente pelo desempenho de alguns atletas. O Santa Cruz na sua essência foi um clube formador, não podemos ser importador. Até porque a gente diminui o custo. Estamos valorizando um ativo, não é conversa da boca para fora. Queremos sim traçar um caminho de oportunidades ", finalizou.

Compartilhe:

Categorias de base dão resultados e ganham elogios da direção executiva do clube

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.