Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

51,5

Classifique:

Futebol Profissional

Santa Cruz alerta para falta de competitividade no Pernambucano 2019

Publicado: terça-feira,23 de outubro de 2018, às 10:56
Por: Alexandre Ricardo

Na última semana, em conselho arbitral realizada na sede da Federação Pernambucana de Futebol, o regulamento do Campeonato Estadual de 2019. O modelo repete o que proposto na edição deste ano, com oito clubes se classificando para as quartas de final, depois de uma primeira fase com turno único. 

A diferença, neste cenário, é o número de clubes. Em 2018, foram 11 equipes participantes. Com o descenso de Pesqueira e Belo Jardim e apenas uma vaga reservada para a Série A2, o Pernambucano do próximo ano será composto por dez agremiações. Sendo assim, os dois clubes que não passarem para a etapa seguinte, estarão automaticamente rebaixados. 

Tentando evitar esse formato de disputa, a FPF apresentou um regulamento onde a quantidade de classificados seria reduzida para seis, com os dois primeiros colocados passando diretamente para a semifinal. Proposta recusada pelos clubes do interior, que ao contrário do trio da capital (Santa Cruz, Sport Recife e Náutico), optaram pela manutenção. 

" A gente compartilha do pensamento que o regulamento nivela a competição por baixo. Não tem meio-termo: ou o time se classifica, ou acaba sendo rebaixado. Para 2019, a federação apresentou um modelo misto. Mas a proposta foi voto vencido pela união das equipes do interior. Temos que respeitar o que foi votado, é uma democracia ", falou o presidente coral, Constantino Júnior. 

Apesar de enxergar uma desvalorização no início do campeonato, o mandatário tricolor tentou levantar alguns aspectos que possam surtir efeito positivo, como a possibilidade de lançar os pratas da casa. Porém, tudo dentro de uma responsabilidade, já que o objetivo do Santa Cruz é voltar a conquistar o título, que não vem há dois anos. 

" É saber tirar proveito dessa condição, que vai nos possibilitar fazer esse trabalho de utilizar as categorias de base. Mas sabendo que é um campeonato tradicional, o Santa Cruz tem um nome a zelar. Independente da forma de disputa, vamos entrar para buscar a competição ", encerrou Constantino Júnior.

Compartilhe:

Santa Cruz alerta para falta de competitividade no Pernambucano 2019

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.