Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

41,2

Classifique:

Futebol Profissional

Após terminar ano em alta, Ricardo Ernesto permanece para próxima temporada

Publicado: segunda-feira,3 de setembro de 2018, às 19:39
Por: Alexandre Ricardo

Um dos que saíram por cima apesar da eliminação na Série C foi o goleiro Ricardo Ernesto. Reserva de Tiago Machowski durante boa parte da temporada, o arqueiro de 31 anos assumiu a titularidade na reta final e teve atuações aprovadas pela torcida, culminando numa avaliação positiva da diretoria. 

Sendo assim, conversas foram iniciadas e numa vontade mútua, Ricardo Ernesto acertou a renovação do contrato para 2019. Além da identificação com o clube, fatores como a adaptação à cidade e o retorno da projeção para o futebol pesaram para a decisão do atleta. 

Ao todo, foram cinco jogos disputados pelo Campeonato Pernambucano, além da participação na fatídica desclassificação na Copa do Nordeste para o ABC/RN. Recebendo até então apenas uma oportunidade durante a Série C, o goleiro foi utilizado em quatro partidas do Campeonato Brasileiro de Aspirantes, com o time sub-23. 

Tudo mudou desde a goleada sobre o Confiança/SE, no dia 28 de julho, quando Ricardo Ernesto teve titularidade bancada pelo técnico Roberto Fernandes. A partir daí, defendeu a meta coral até o mata-mata, quando foi vazada pela primeira vez no Brasileiro justamente no jogo que valeu o acesso para o Operário/PR. 

Revelado pela Chapecoense/SC, Ricardo Ernesto Ahlf tem no seu currículo clubes como Figueirense/SC, Icasa/CE, Fortaleza e América/RN, se tornando uma das lideranças para a equipe que dará o pontapé inicial no Santa Cruz para o próximo ano. 

Foto: CoralNET

Compartilhe:

Após terminar ano em alta, Ricardo Ernesto permanece para próxima temporada

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.