Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

34,3333333333333

Classifique:

Futebol Profissional

Realizando comparativo, Roberto Fernandes pede reflexão ao futebol pernambucano

Publicado: quarta-feira,29 de agosto de 2018, às 14:43
Por: Alexandre Ricardo

O momento é de muita discussão. As eliminações de Santa Cruz e Náutico na Série C coincidem com um momento que o futebol pernambucano, de maneira geral, não atravessa um bom momento. Com o mau momento que vive o Sport Recife no Campeonato Brasileiro da Série A, o estado pode ter baixa representatividade em 2019, no cenário nacional. 

O assunto foi comentado pelo técnico Roberto Fernandes, logo na chegada do time tricolor ao Recife, depois da derrota para o Operário/PR. Para ele, é necessária uma maior união de todos que fazem acontecer o futebol não só do trio de ferro, como também do interior. 

" Acho que a imprensa e todos que pensam o futebol pernambucano têm um excelente momento para reflexão. Temos o Salgueiro rebaixado para a Série D, Santa Cruz e Náutico na Série C. Sport há alguns jogos sem vencer. Situações de clubes, como o próprio Santa Cruz, que não Centro de Treinamento. E não é uma crítica à gestão, porque conversei com o Constantino (Júnior) e sei das dificuldades ", falou o treinador. 

Diante disso, Roberto Fernandes deixou qualquer análise do trabalho realizado em segundo plano. Campeão pernambucano pelo Náutico, o comandante sugere uma análise que extrapole as quatro linhas. 

" Não vai agregar em nada eu dizer que fulano perdeu gol, que treinador mexeu errado. Todos buscam fazer seu melhor, jogador é contratado pelo clube. Enquanto a gente desassociar tudo o que envolve o futebol aos resultados em campo, vamos continuar convivendo com isso. Fui demitido três jogos depois de ser campeão, o Márcio (Goiano) fez um excelente trabalho e não conseguiu o acesso. São exemplos de todo esse processo ", comentou. 

Para finalizar o discurso, o técnico realizou um comparativo com o futebol alagoano. O trabalho que tem sido desenvolvido pelos clubes de Maceió vem rendendo frutos dentro de campo, com boas campanhas. 

" Sem querer fazer polêmica e com todo respeito, hoje estamos atrás de Alagoas, por exemplo. Temos o CSA que subiu para a Série B e está muito próximo do acesso para a Primeira Divisão. O CRB está há algum tempo numa estabilidade, investindo. São clubes que há um tempo atrás estavam atrás do Santa Cruz e hoje, não deixam a desejar para ninguém ", concluiu.

Compartilhe:

Realizando comparativo, Roberto Fernandes pede reflexão ao futebol pernambucano

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.