Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

32,96

Classifique:

Futebol Profissional

Sem poder de reação, Santa Cruz perde para o Operário e está eliminado da Série C

Publicado: domingo,26 de agosto de 2018, às 17:15
Por: Alexandre Ricardo

O TIME – Apesar do mistério durante a semana, o técnico Roberto Fernandes pouco mexeu nas peças da equipe. A única mudança em relação ao jogo de ida foi a entrada do volante Charles, no lugar de Carlinhos Paraíba. O Mais Querido foi escalado com Ricardo Ernesto; Vítor, Sandoval, Danny Morais, Allan Vieira; Charles, Willian Maranhão, Arthur Rezende; Robinho, Jailson e Pipico.

O JOGO – Toda expectativa foi por água abaixo. Numa tarde de superioridade incontestável do Operário, o Santa Cruz perdeu por 3x0 e está eliminado da Série C. Com o resultado, o clube de Ponta Grossa/PR volta à Segunda Divisão do futebol nacional depois de mais de 15 anos. 

Precisando reverter a vantagem da Cobra Coral, o Fantasma apostava num meio-campo criativo, com Cleyton e Robinho. Pela direita, Lucas Batatinha era o principal responsável por imprimir velocidade nas jogadas de ataque dos donos da casa. 

Priorizando a força da marcação, o Santa Cruz foi uma presa fácil para o Operário, já que não dava sequência às jogadas quando ficava com a bola. Contando com uma postura cada vez mais acuada do time pernambucano, os donos da casa pressionavam e tinham a posse de bola por boa parte do primeiro tempo. 

Com a decisão se encaminhando para a disputa dos pênaltis, o Operário se mostrava cada vez mais precavido em partir para o ataque. Mas a inofensividade do Santa Cruz custou caro, e as substituições realizadas pelo técnico Gerson Gusmão surtiram efeito, decidindo o jogo em aproximadamente cinco minutos. 

Faltando pouco mais de dez minutos para o fim, os jogadores corais davam sinais de abatimento e não mostraram reação. Foi o fim de uma temporada melancólica para o Clube do Povo, que voltará a disputar a Série C no ano que vem.

GOLS - O ímpeto do Operário surtiu efeito logo aos 21 minutos de jogo. Após bola alçada na área, o rebote ficou com o zagueiro Alisson, que chutou de perna esquerda e contou com desvio para vencer o goleiro Ricardo Ernesto. A classificação paranaense começou a ser desenhada aos 30 da segunda metade do jogo, quando Léo cruzou na área e Schumacher emendou de primeira, acertando belo chute. Cinco minutos depois, Dione deu números finais à partida, aproveitando cruzamento da direita para apenas completar.

MODIFICAÇÕES - A primeira mudança do Santa Cruz foi forçada. Por volta dos dez minutos do segundo tempo, o zagueiro Sandoval sofreu um corte no rosto após subir para cabecear. Sem condições de continuar, o defensor foi substituído por Augusto Silva. Aos 20 minutos, o atacante Augusto foi acionado no time. O escolhido para sair foi o volante Charles. 

Compartilhe:

Sem poder de reação, Santa Cruz perde para o Operário e está eliminado da Série C

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.