Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

58,8571428571429

Classifique:

Futebol Profissional

Ao lado do Náutico, Santa Cruz tenta manter escrita da Série C desde 2014

Publicado: quarta-feira,22 de agosto de 2018, às 18:08
Por: Alexandre Ricardo

As estatísticas tomam conta da Série C quando as fases finais vão se aproximando. O atual formato da competição vigora desde 2012, com uma novidade neste ano em relação aos demais: o fim do gol qualificado nas etapas eliminatórias, que definem os clubes que sobem de divisão e, obviamente, disputam a taça. 

Além da dificuldade já constatada das equipes em reverter o resultado de ida, principalmente nas quartas de final, outro curioso dado vigora desde 2014, um ano após o título do Santa Cruz. Desde então, ao menos um clube que desceu da Série B conseguiu o acesso no ano seguinte. 

Nesta temporada, apenas Santa Cruz e Náutico podem manter essa escrita. ABC/RN e Luverdense/MT, demais rebaixados da Segunda Divisão de 2017, ficaram pela primeira fase em seus respectivos grupos. Caso ambos os clubes pernambucanos consigam a classificação, o feito voltaria a se repetir apenas dois anos depois, já que em 2016 ABC e Boa Esporte/MG subiram depois do descenso no ano anterior. 

Em 2014, quando a sequência teve seu início, o Paysandu/PA foi vice-campeão da Série C logo após ser rebaixado na antepenúltima colocação da Série B de 2013. Um ano depois, em 2015, o Vila Nova/GO foi campeão e se recuperou depois de terminar na vice-lanterna da Segunda Divisão de 2014.

A Série C de 2016 teve outro campeão recém-rebaixado da Série B: o Boa Esporte, que se recuperou ao lado do ABC. No ano passado, foi a vez do Sampaio Corrêa/MA subir. A Bolívia Querida havia finalizado na larterna do ano anterior. Ao contrário dos casos das temporadas anteriores, o clube maranhense esbarrou nas semifinais. 

Histórico nas últimas quatro edições de Série C: 

2014
Rebaixados da Série B de 2013: ASA, Guaratinguetá/SP, Paysandu, São Caetano
Ascendentes à Série B de 2015: CRB, Macaé/RJ, Mogi Mirim/SP, Paysandu

2015
Rebaixados da Série B de 2014: América de Natal, Icasa/CE, Portuguesa/SP, Vila Nova
Ascendentes à Série B de 2016: Brasil de Pelotas/RS, Londrina, Tupi/MG, Vila Nova

2016
Rebaixados da Série B de 2015: ABC, Boa Esporte, Macaé/RJ, Mogi Mirim/SP
Ascendentes à Série B de 2017: ABC, Boa Esporte, Guarani/SP, Juventude/RS

2017 
Rebaixados da Série B de 2016: Bragantino, Joinville, Sampaio Corrêa, Tupi/MG
Ascendentes à Série B de 2018: CSA, Fortaleza, Sampaio Corrêa, São Bento/SP

2018
Rebaixados da Série B de 2017: ABC, Náutico*, Santa Cruz*, Luverdense/MT
Ascendentes à Série B de 2019: a definir

* Vivos pela vaga na Série B de 2019

Compartilhe:

Ao lado do Náutico, Santa Cruz tenta manter escrita da Série C desde 2014

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.