Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

94,4166666666667

Classifique:

Futebol Profissional

Exaltando torcida, Roberto Fernandes valoriza vantagem construída pelo Santa Cruz

Publicado: domingo,19 de agosto de 2018, às 20:57
Por: Alexandre Ricardo

Logo na chegada da delegação coral ao Estádio do Arruda, o técnico Roberto Fernandes era o resumo da adrenalina que o jogo contra o Operário/PR pedia. Numa atmosfera altamente positiva, com quase 50 mil pessoas presentes, o Santa Cruz conseguiu vencer por 1x0 e sair na frente da disputa pelo acesso à Série B.

Na coletiva de imprensa pós-jogo, o treinador coral pediu para agradecer o apoio do torcedor, antes de realizar qualquer análise do confronto. Para ele, a sinergia com as arquibancadas foi um fator preponderante para que o Mais Querido saísse vitorioso de campo.

" Não dá para fazer análise do jogo antes de falar do torcedor. Sem dúvida alguma, eles contribuíram e foram um algo a mais desde a nossa chegada ao Arrudão, lotando as ruas e fazendo uma linda festa. Foram convocados e mostraram porque são um patrimônio desse clube ", agradeceu o comandante. 

Em relação à busca pelo resultado, Roberto Fernandes voltou a elogiar o adversário. Mesmo indo para o intervalo com a vantagem, o Santa Cruz não encontrou facilidade para achar espaços e buscar a ampliação da vantagem para o confronto de volta, em Ponta Grossa. 

" O jogo foi equilibrado, decidido nos detalhes. O Operário mesmo perdendo, em nenhum momento se atirou ao ataque. No mínimo, sempre tinham quatro homens para ter superioridade numérica quando o Santa Cruz atacasse. Contra uma equipe de força como a deles, não poderia escalar jogadores que não estivessem em condições. Tentei lançar as peças que estão jogando e podem dar um retorno satisfatório ", avaliou. 

VANTAGEM 
" O Santa Cruz não vai sentar de modo algum na vantagem. Mas é bom lembrar que não tomamos gols há quatro jogos e isso conta nessa hora. Não quero dizer que é uma missão fácil, mas que o Santa Cruz chega confiante para trazer esse acesso. Não estou absolutamente satisfeito, claro que eu gostaria de ter ampliado. Mas fizemos um trabalho ao nosso alcance ".

RENDIMENTO 
" O jogo foi muito bem estudado. O Operário vem num processo de um a dois anos, com uma base. No segundo tempo, eles conseguiram frear um pouco o nosso meio-campo. Praticamente não conseguimos transição por dentro, foi aí que mexi já que nossos homens de armação, tanto o Carlinhos (Paraíba) quanto o Arthur (Rezende), não conseguiam produzir ". 

EXCESSO DE FALTAS 
" A equipe do Operário teve 15 ou 16 cartões amarelos a mais que a gente durante a campanha antes do mata-mata. Lamento o fato do Léo, lateral-direito deles, não ter sido expulso. Era primeiro tempo e teríamos mais de 45 minutos com um homem a mais. Mas é bom porque a gente vai se preparando para as dificuldades que vamos enfrentar lá ".

Compartilhe:

Exaltando torcida, Roberto Fernandes valoriza vantagem construída pelo Santa Cruz

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.