Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

93,6363636363636

Classifique:

Futebol Profissional

Com golaço de falta, Santa Cruz larga na frente e derrota o Operário no Arruda

Publicado: domingo,19 de agosto de 2018, às 19:06
Por: Alexandre Ricardo

O TIME – Contando com quase todo elenco, o Santa Cruz escalou aquele time que surgiu como a base titular da equipe na Série C. Nomes como Sandoval, Carlinhos Paraíba e Robinho voltaram à titularidade, sem surpresas por parte do técnico Roberto Fernandes. O Mais Querido foi escalado com Ricardo Ernesto; Vítor, Sandoval, Danny Morais, Allan Vieira; Willian Maranhão, Carlinhos Paraíba, Arthur Rezende; Robinho, Jailson e Pipico.

O JOGO – O clima foi especial. Diante de quase 50 mil pessoas, a Cobra Coral fez valer o mando de campo e largou na frente por uma vaga na Série B de 2019. Com gol marcado ainda no primeiro tempo, o time coral venceu por 1x0 e agora joga por um empate no próximo fim de semana, na cidade de Ponta Grossa.

Como era esperado, o Santa Cruz foi senhor das ações no início do jogo. Com o Operário apostando num time mais precavido, o Mais Querido tratou de utilizar a movimentação principalmente do trio de ataque para incomodar os paranaenses. As oportunidades começaram a surgir principalmente dos pés de Jailson, que teve uma grande atuação nas costas do lateral-direito Léo.

Logo nos primeiros 20 minutos, o volante Índio sentiu a coxa esquerda e foi substituído por Erick. Sem oportunidades de contra-ataque, restou ao Fantasma o bloqueio das investidas corais, abusando das faltas cometidas. Tentando dar trabalho à defesa adversária, o Santa Cruz passou a arriscar em chutes fora de área, principalmente na bola parada.

O panorama foi mudado na volta do intervalo. Saindo um pouco mais para o jogo, o Operário passou a exigir do goleiro Ricardo Ernesto. O treinador coral, na tentativa de preencher bem o meio-campo, mexeu em duas peças e criou um fator novo com as entradas de Charles e Maílton, deslocando Jailson para a armação de jogadas. 

Com o fim se aproximando, as equipes passaram a arriscar menos e o jogo foi ficando mais lento. Mesmo no prejuízo, o Operário se mostrava satisfeito com a vantagem mínima construída pelo Tricolor. E desta maneira, com apenas um gol no marcador, o juiz encerrou o jogo no José do Rego Maciel.

GOLS - Com o primeiro tempo já entrando nos acréscimos, o Santa Cruz fez o gol do jogo. Inicialmente, Arthur Rezende cobrou falta na intermediária e a bola foi bloqueada por Bruno Batata, que utilizou o braço. Na segunda cobrança, foi a vez de Vítor bater com força, no canto esquerdo do goleiro Simão, para incendiar a massa coral.

MODIFICAÇÕES - Com o Operário passando a agredir mais, Roberto Fernandes mexeu pela primeira vez logo aos 15 minutos do segundo tempo. Maílton foi acionado no lugar de Carlinhos Paraíba. Por volta dos 35, Charles foi chamado e entrou na vaga de Arthur Rezende. Faltando pouco mais de cinco minutos para o término da partida, Leandro Costa teve entrada promovida, substituindo Vítor. 

Compartilhe:

Com golaço de falta, Santa Cruz larga na frente e derrota o Operário no Arruda

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.