Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

77,25

Classifique:

Futebol Profissional

Roberto Fernandes não confirma equipe, mas dá a entender que mantém estrutura titular

Publicado: sexta-feira,17 de agosto de 2018, às 15:21
Por: Alexandre Ricardo

O técnico Roberto Fernandes concedeu entrevista coletiva na tarde desta sexta-feira(17), na prévia do primeiro jogo das quartas de final da Série C, contra o Operário/PR no Estádio do Arruda. Com mais dois treinos a serem realizados, o comandante não confirmou o time que vai entrar em campo no início da partida, mas ponderou algumas situações. 

Novamente, o treinador coral lembrou que a base do Santa Cruz, todos conhecem. Mas não descartou modificações a serem realizadas na estrutura. O Mais Querido deve entrar em campo com Ricardo Ernesto; Vítor, Sandoval, Danny Morais, Allan Vieira; Willian Maranhão, Carlinhos Paraíba, Arthur Rezende; Jailson, Robinho e Pipico. 

" Venho falando sempre que o time titular do Santa Cruz, todos sabem qual é. Mas isso não significa que é imexível. Uma ou outra alteração que a gente faça, são jogadores também com condições de titularidade, com potencial para desempenhar um rendimento à altura do jogo ", falou o técnico. 

Com movimentações reservadas na reta final da semana, especula-se que dois jogadores podem surgir como surpresas. Maílton e Charles são os candidatos, disputando vaga com Vítor e Carlinhos Paraíba, respectivamente. Sobre a preparação para a disputa mais importante da temporada, Roberto Fernandes elogiou o trabalho e o clima no ambiente interno.

" É papel nosso da comissão técnica manter um ambiente tranquilo. Claro que devemos ter responsabilidade, mas sempre mantendo alegria. Estamos trabalhando durante a semana algumas situações de jogo, os jogadores estão trabalhando super bem. Todos os jogadores fazendo gols nos coletivos, o Allan (Vieira) por exemplo fez um maravilhoso no treino da quinta-feira(17). O Santa Cruz entra numa condição positiva para esse primeiro duelo ", garantiu.

TORCIDA 
" Tenho observado a preocupação com a venda antecipada de ingressos. Não tenho dúvidas que teremos um estádio lotado, nos apoiando e justificando a força do Santa Cruz. Se eu tiver que fazer um pedido, é que tenham paciência se o gol não sair cedo, se as coisas forem dificultando. Precisamos de muito equilíbrio ". 

ADVERSÁRIO 
" O Operário é um adversário que chega credenciado para essa decisão. Mas por outro lado o Santa Cruz vive um clima muito positivo, o pensamento é único em busca do acesso. Não acredito que alguma equipe vá mudar radicalmente nesse mata-mata. O que o Operário fez para conquistar a classificação, vai manter. Sabem jogar fora de casa, contam com seis jogadores acima dos 30 anos de idade. Nosso respeito é justificado ". 

RESPONSABILIDADE 
" Não podemos fugir da nossa responsabilidade. Comparando a história do Santa Cruz com a do Operário, existe mais peso da nossa parte. Mas isso não garante que tenhamos um time melhor, uma condição melhor de trabalho. Eles contam com um trabalho desenvolvido há dois anos, jogadores que se conhecem. Isso tudo faz com que as ações sejam igualadas ". 

IMPORTÂNCIA 
" Título é bom, todo mundo que faz futebol quer chegar a uma conquista. Mas esse acesso é vital para a saúde financeira do clube. O Santa Cruz busca a possibilidade de começar 2019 com um calendário cheio, movimentando as receitas. Esse acesso pode ser a mudança de chave que a instituição necessita ".

Compartilhe:

Roberto Fernandes não confirma equipe, mas dá a entender que mantém estrutura titular

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.