Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

68,6666666666667

Classifique:

Futebol Profissional

Reta final se aproxima e time-base do Santa Cruz vem ganhando corpo

Publicado: sábado,21 de julho de 2018, às 11:59
Por: Alexandre Ricardo

A boa atuação diante do ABC/RN, há três rodadas atrás, fez com que uma base fosse fixada na titularidade sob comando do técnico Roberto Fernandes. E é próximo disso que o Santa Cruz deve enfrentar o Botafogo/PB, no próximo sábado(21). 

A escalação daquela partida, no dia 1º de julho, só não poderá ser repetida porque o lateral-esquerdo Allan Vieira cumprirá suspensão automática diante dos paraibanos, por conta do terceiro cartão amarelo. Contando com o retorno de Arthur Rezende, o treinador coral falou sobre o desenho que vai sendo tomado pela equipe. 

" 95% da equipe está definida não só para esse jogo, como pensando na sequência decisiva que teremos. Tiago (Machowski), Vítor, tem o Sandoval. Danny (Morais), que é titular absoluto. Na lateral-esquerda só temos o Allan. Um meio-campo consolidado com Willian (Maranhão). Robinho e Pipico no ataque. Dos onze titulares, seguramente nove deles são donos de suas posições ", disse o comandante. 

Novamente comparando as características de Arthur Rezende e Carlinhos Paraíba, Roberto Fernandes também citou possíveis variações na posição de Jailson, que hoje é o meia-atacante pelo lado esquerdo. Entre elas, testando uma formação com quatro jogadores compondo a faixa central de campo. 

" Ainda me resta testar Carlinhos Paraíba e Arthur Rezende juntos, em posições diferentes das que eles estiveram anteriormente. Eles têm condições fundamentais de dar equilíbrio à equipe, acalmar a bola. São situações que a gente pode utilizar durante os próprios jogos ", comentou. 

Apesar das projeção, o técnico descartou maiores mudanças em relação ao esqueleto do time, citado por ele. O número reduzido de opções foi abordado por Roberto Fernandes, devido ao limite de inscrições imposto pelo regulamento da Série C. 

" O Santa Cruz tem hoje, para buscar o acesso, cerca de 26 jogadores. Três são goleiros. Não tem muito o que mudar, temos que evoluir aspectos de forma geral da equipe, mas sem o direito de alterar drasticamente o número de peças. O momento é de trabalhar com aquilo que temos ", finalizou Roberto.

Compartilhe:

Reta final se aproxima e time-base do Santa Cruz vem ganhando corpo

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.