Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

82,4

Classifique:

Futebol Profissional

Eficiente, Santa Cruz vence o Remo e sobe um degrau na classificação

Publicado: domingo,8 de julho de 2018, às 19:12
Por: Alexandre Ricardo

O TIME – O técnico Roberto Fernandes optou pela repetição para escalar a equipe tricolor. A única mudança foi na zaga, já que Sandoval cumpriu suspensão automática e foi substituído por Augusto Silva. O restante do time foi o mesmo, com Tiago Machowski; Vítor, Danny Morais, Augusto Silva e Allan Vieira; Eduardo, Willian Maranhão, Arthur Rezende; Jailson, Robinho e Pipico.

O JOGO – A atuação não foi das melhores, mas com um gol no princípio da partida e outro no apagar das luzes, o Santa Cruz garantiu um importante triunfo sobre o Remo e subiu para o terceiro lugar do Grupo A da Série C, alcançando a segunda vitória seguida na competição. 

Apesar das equipes procurarem o ataque no início, poucas foram as oportunidades criadas por ambos os lados. O gol coral, nos primeiros 15 minutos, fez com que o Remo tivesse uma maior posse de bola, tentando agredir um bem postado time do Santa Cruz, que fechava uma linha de marcação com seus jogadores do meio-campo.

Enquanto que o pivô do atacante Isac era constantemente acionado, a Cobra Coral apostava na velocidade de Jailson pela esquerda e Robinho do outro lado. Com muita movimentação, Pipico tentava abrir os espaços, mas só conseguiu chegar com perigo em apenas uma oportunidade, quando Jailson recebeu nas costas da zaga mas não conseguiu driblar o goleiro Vinícius.

No segundo tempo, o panorama foi todo voltado para um volume de jogo maior dos visitantes. Com a entrada de Fernandes pela esquerda, os paraenses passaram a explorar os cruzamentos na área nas costas de Vítor. Apostando ainda mais no contra-ataque, o Santa Cruz se mostrou previsível e não conseguiu ameaçar a defesa do adversário.

Com o fim do jogo se aproximando, o técnico Netão apostou em dois centroavantes na linha de frente, tentando encurralar o Santa Cruz em busca do empate. A escolha quase surtiu efeito, quando Eliandro acertou o travessão do goleiro Tiago Machowski já após os 40 minutos. 

Restando poucos instantes, uma pequena confusão marcou o jogo. Após o segundo gol coral, o quarto árbitro Nielson Nogueira chamou o juiz da partida e comunicou uma reclamação exagerada de Vacaria, que foi expulso. No apito final, o volante Geandro aplaudiu ironicamente a atuação da arbitragem e também recebeu cartão vermelho.

GOLS - O gol que deu números iniciais à partida aconteceu aos 13 minutos, quando Robinho tabelou com Vítor pela direita e serviu Pipico, que dentro da área não perdoou e balançou as redes com uma cabeçada. A vitória tricolor foi decretada já nos acréscimos da etapa final, quando Charles arriscou falta diretamente para o gol, contando com desvio na barreira para vencer o camisa 1 remista.

MODIFICAÇÕES - Vendo o adversário crescer no jogo, o Santa Cruz mexeu logo aos 12 minutos do segundo tempo, acionando Augusto no lugar de Arthur Rezende. Dez minutos depois, Allan Vieira reclamou de dores no gramado e foi substituído por Eduardo Brito. Faltando pouco mais de cinco minutos para o término do confronto, Willian Maranhã foi outro a pedir para sair, dando vaga a Charles.

Compartilhe:

Eficiente, Santa Cruz vence o Remo e sobe um degrau na classificação

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.