Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

29,4285714285714

Classifique:

Futebol Profissional

Roberto Fernandes explica substituição e fica na bronca com gol tomado

Publicado: domingo, 24 de junho de 2018, às 23:02
Por: Alexandre Ricardo

O relógio marcava 27 minutos do segundo tempo, quando o Santa Cruz realizou a segunda modificação na equipe. Arthur Rezende saiu para dar lugar ao volante Willian Maranhão. Três minutos depois, o Atlético Acreano aproveitou contra-ataque para chegar ao segundo gol e sair com a vitória. 

Depois da partida, em entrevista, o treinador coral explicou o que pretendia com a alteração. Apesar da proximidade no tempo entre a substituição e o gol que drecretou a vitória do adversário, o comandante garantiu que o ajuste não foi de ordem tático. 

" A saída do Arthur (Rezende) foi questão de desgaste. Depois do nosso bom início de segundo tempo, começamos a encontramos dificuldade quando não tínhamos mais a bola. Não mudamos o sistema, foi uma peça pela outra. Não tomamos o gol por esse motivo. É claro que quando se faz uma substituição e a equipe perde, vai haver a crítica. Se a bola entrasse, seria uma boa escolha. Sâo situações do futebol ", respondeu Roberto Fernandes. 

De forma geral, o desempenho da equipe agradou o técnico. Porém, a forma como se deu o lance crucial da partida foi o assunto mais comentado no pós-jogo. Contra-ataques como o do segundo gol acreano foram corriqueiros, acontecendo inclusive durante o primeiro tempo.

" Sofremos um contra-ataque num escanteio nosso. Os dez jogadores deles estavam dentro da área, é uma tendência cada vez mais usual no futebol. Precisamos ter a malandragem de parar as jogadas, não com violência, mas bloquear as ações. Precisamos nos concentrar mais sem a bola, ter maior compactação. O Atlético formou uma investida com apenas dois jogadores, um partiu e tocou para o outro, que avançou e concluiu. Precisamos nos atentar a isso ", alertou. 

SITUAÇÃO 
" O Santa Cruz só tem três vitórias no campeonato. Com todo respeito ao Globo/RN, que entrou no G4 no nosso lugar, mas eles já têm quatro triunfos brigando por outra realidade. É claro que equipes como o Atlético/AC não têm a pressão pelo resultado que nós, pela força da camisa. Mas duas derrotas seguidas necessitam de uma reflexão ". 

SEQUÊNCIA 
" Temos outro jogo fora e o pensamento do Santa Cruz é o mesmo, querer vencer. Que agora o resultado seja diferente. Se empatamos dois jogos, temos a desculpa que não perdemos. Mas, para a realidade da competição, só os três pontos interessam. O ABC/RN vai ter um jogo durante a semana pela Copa do Nordeste. Precisamos utilizar esse provável desgaste para concretizar nossas ações ".

Compartilhe:

Roberto Fernandes explica substituição e fica na bronca com gol tomado

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.