Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

51,5

Classifique:

Futebol Profissional

Treinando mais recuado, Arthur Rezende valoriza escalação ofensiva

Publicado: sexta-feira, 8 de junho de 2018, às 12:22
Por: Alexandre Ricardo

Com a suspensão do volante Charles, a tendência é que o meio-campo Arthur Rezende atue um pouco mais recuado na equipe que vai enfrentar o Salgueiro na próxima segunda-feira(11), pela Série C. Caso seja escolhido, o jogador parte para sua segunda partida consecutiva como titular, num momento onde o jogador tenta reencontrar seu melhor futebol. 

A formação que vem sendo treinada pelo técnico Roberto Fernandes nos últimos dias apresenta Carlinhos Paraíba como dupla de Arthur na cabeça de área. Mais à frente, Robinho, Fabinho Alves, Leandro Costa e Augusto (Halef Pitbull) surgem como opções, dando indícios de que o Santa Cruz pode optar por uma escalação ousada. 

" Num time mais ofensivo, nossos atacantes se movimentam bem. Temos jogadores que sabem flutuar tanto pelos lados, quanto centralizados. Fica melhor para nós meias que procuramos o passe, buscamos servir o companheiro melhor posicionado. O Roberto (Fernandes) vem observando e com certeza vai escolher o melhor para o time ", falou o jogador.

Outra alternativa testada foi um esquema com três zagueiros, sacando Fabinho Alves para a entrada de Danny Morais. Questionado sobre a disponibilidade para ser uma peça com responsabilidade defensiva, Arthur Rezende se mostrou tranquilo quanto a isso. 

" Tanto eu como o Carlinhos (Paraíba) somos jogadores de meio-campo, mas que recompõem. Nas últimas temporadas, nós atuamos como um segundo volante. Tanto é que, quando cheguei aqui, disse que poderia jogar nessa posição tranquilamente. Se analisarmos o jogo contra a Juazeirense, depois da expulsão, a marcação foi essa. Não tem segredo. O Charles saiu e conseguimos dar conta do recado, acredito que soubemos neutralizar bem o ímpeto do adversário ", argumentou Arthur. 

CLASSIFICAÇÃO 
" Chegar no G4 já é difícil. Se chegamos, temos algum mérito. Porém, o mais importante é continuar lá. Todos nós sabemos da grandeza do Santa Cruz e o que nos resta é continuar trabalhando forte para alcançarmos os resultados e garantirmos nossa classificação para a próxima fase ". 

ADVERSÁRIO
" Sabemos que vai ser um jogo difícil, importante. O Salgueiro costuma dificultar na casa deles, mas se mantermos a pegada dos últimos jogos, temos grandes chances de sair com o resultado positivo ".

Compartilhe:

Treinando mais recuado, Arthur Rezende valoriza escalação ofensiva

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.