Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

12,875

Classifique:

Futebol Profissional

PC Gusmão não concede coletiva e vice-presidente de futebol comenta eliminação

Publicado: terça-feira,22 de maio de 2018, às 22:48
Por: Alexandre Ricardo

O pós-jogo da goleada sofrida, dentro de casa para o ABC/RN, foi movimentado. A tradicional coletiva de imprensa do técnico Paulo César Gusmão não aconteceu, por decisão do próprio treinador. A expectativa em torno de uma possível conversa com a diretoria tomou conta dos bastidores. 

Quem apareceu inicialmente foi o vice-presidente executivo, Tonico Araújo, que em rápida conversa com a imprensa comentou a derrota por 4x1.  " O técnico é um ser humano e necessita de um tempo de reflexão. Estava com a esposa e decidiu ir para casa. Ele está profundamente chateado com o que aconteceu, depois dessa humilhação que o Santa Cruz passou. Decisões sobre esse fato ficam a cargo da direção de futebol ", resumiu o dirigente. 

Poucos minutos depois, o vice-presidente de futebol Felipe Rêgo Barros foi quem falou. Resumidamente, o diretor pregou cautela ao tomar qualquer tipo de atitude num momento difícil. De acordo com ele, toda e qualquer iniciativa será cuidadosamente conversada entre os membros da cúpula coral. 

" É uma derrota que deixa todo mundo triste, abalado. Saiu completamente do script. Agora é transformar esse momento em motivação, cobrar dos jogadores. O presidente está trabalhando para colocar o clube em ordem. A gente entende a reação, a aflição do torcedor. Mas não vamos parar nosso trabalho. Nossa missão é estar entre os quatro que garantem o acesso à Série B ", avisou.

Perguntado sobre a situação de PC Gusmão, Felipe Rêgo Barros fez questão de elogiar a dedicação do profissional no dia a dia, que recentemente completou um mês desde que foi contratado pelo Mais Querido. 

" Toda derrota como essa merece reflexão de ambas as partes. Tanto da diretoria, quanto do técnico Paulo César Gusmão. É um profissional que está se esforçando muito, não vamos tomar nenhuma decisão de forma intempestiva. Já algum tempo, não é cultura do Santa Cruz demitir técnico de forma precipitada. Não podemos colocar culpa numa pessoa só, perde todo mundo ", ponderou o vice-presidente de futebol. 

Depois do acontecimento, o que se viu foi Paulo César Gusmão saindo das dependências do clube acompanhado da esposa, no carro do executivo de futebol, Fred Gomes. A expectativa fica por conta de uma conversa entre ambas as partes, para que seja definido o futuro do clube na temporada.

Compartilhe:

PC Gusmão não concede coletiva e vice-presidente de futebol comenta eliminação

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.