Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

80,1111111111111

Classifique:

Futebol Profissional

Apresentado, Carlinhos Paraíba agradece mobilização e se considera um segundo volante

Publicado: quinta-feira, 5 de abril de 2018, às 15:40
Por: Alexandre Ricardo

Oficialmente, iniciou a segunda era Carlinhos Paraíba com a camisa do Santa Cruz. Depois de uma década, o jogador retorna ao clube depois de uma grande movimentação da torcida tricolor, que através de doações bancou as negociações do experiente atleta de 35 anos com a direção. 

Apresentado na tarde desta quinta-feira(5), Carlinhos falou da satisfação em retornar à casa que o projetou para o cenário do futebol nacional. O carinho e a força da Torcida Mais Apaixonada do Brasil foram preponderantes para que o atleta aceitasse o convite. 

" Quero deixar bem claro que desde o começo, considerei a força que essa torcida tem. Passei alguns anos fora, mas sempre acompanhando. Teve um período que o Santa Cruz estava sem divisão e alguns vieram assistir troca de gramado no estádio. Foi algo que me tocou e me fez ter a certeza que um dia voltaria ", relembrou. 

Carlinhos Paraíba voltou a reforçar as condições físicas, técnicas e táticas em que se encontra. Afastando a desconfiança, contou que vem atuando como um segundo volante, e entende que deve ser utilizado desta forma pelo técnico Júnior Rocha. 

" Às vezes, algumas pessoas ficam questionando o fato de eu ter 35 anos. Mas continuo tendo a velocidade como característica, um jogador que gosta da posse de bola. Vou mostrar dentro de campo que estou em boa forma. Tenho sido utilizado como segundo volante e vamos aguardar, a tendência é que eu siga ali na parte de criação ", disse. 

LEMBRANÇAS 
" Desde que cheguei aqui no Brasil, alguns amigos como Constantino Júnior e Jomar Rocha me ligavam pedindo para eu retornar. Queria estender as férias, mas estimulado a voltar. Carreira de jogador é dinâmica. Lá atrás, quando assinei contrato, subi ao gramado e imaginei a torcida me apoiando. Hoje estou vivendo esse sonho novamente ". 

PROJETO 
" Foi algo que dependeu exclusivamente da torcida. Sei da responsabilidade de vestir essa camisa 12. Passar a paixão e a força dessa massa para dentro de campo. O torcedor sempre pede entrega, disposição. E isso não vai faltar ". 

OBJETIVOS 
" Espero ter a mesmo sorte de Grafite aqui. Retornou, ganhou títulos. Seria a coroação desta história. Claro que tenho um grupo comigo, meus companheiros. Que possamos chegar aos objetivos do clube ".

Compartilhe:

Apresentado, Carlinhos Paraíba agradece mobilização e se considera um segundo volante

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.