Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

82,4

Classifique:

Futebol Profissional

Novo lateral tricolor é avaliado por Júnior Rocha: "Não é mais aposta"

Publicado: quarta-feira,28 de fevereiro de 2018, às 21:16
Por: Alexandre Ricardo

Há poucas horas, a direção coral oficializou a contratação de Maílton, lateral-direito de apenas 19 anos que vem por empréstimo do Palmeiras/SP e fica até o fim da temporada no Mais Querido. 

Com previsão de chegada ao Recife na noite desta quarta-feira(28), o jogador teve contratação analisada pelo técnico Júnior Rocha. Bem visto entre as promessas que o clube paulista vem revelando, Maílton foi elogiado pelo treinador coral. 

" É um atleta jovem, mas com muito potencial. Chegou a treinar entre os profissionais do Palmeiras, teve seu nome comentado por grandes profissionais, como o Cuca. Deixou de ser aposta. Um lateral muito promissor e esperamos que dê certo aqui no nosso grupo ", falou. 

Apesar das competições do primeiro semestre estarem em pleno curso, o Santa Cruz segue ajustando o elenco. As contratações seguem sendo feitas e a comissão técnica vai avaliando as necessidades, principalmente pela quantidade de jovens jogadores que estiveram desde a pré-temporada. 

" Inicialmente, contratamos muitas apostas. No decorrer do trabalho, fomos nos adaptando às nossas carências. Jogadores sem muito lastro vão sentindo a responsabilidade de defender o Santa Cruz, venho falando da cautela que temos de ter ao acionar essas peças. Alguns não tiveram tantas oportunidades no ano passado, aos poucos vamos vendo quem pode nos ajudar neste momento ", finalizou o comandante tricolor.

Foto: Cesar Greco/Ag Palmeiras

Compartilhe:

Novo lateral tricolor é avaliado por Júnior Rocha: "Não é mais aposta"

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.