Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

82,4

Classifique:

Futebol Profissional

Na grande oportunidade da carreira, Hericles relembra dificuldades e sonha alto

Publicado: quinta-feira, 22 de fevereiro de 2018, às 18:17
Por: Alexandre Ricardo

Destaque na vitória sobre o CRB/AL, o meio-campo Hericles vive a expectativa de se firmar na titularidade da equipe coral. Um dos contratados para a temporada 2018, o jogador de 22 anos enxerga o Santa Cruz como a grande oportunidade da carreira, após passar por clubes como Brasiliense/DF, Gama/DF e Remo/PA. 

Em coletiva de imprensa realizada nesta quinta-feira(22), o jogador relembrou as dificuldades que marcam sua adolescência, chegando a trabalhar em outros ramos antes de se dedicar ao futebol. Sem nenhum pudor, Hericles falou destes momentos. 

" Sou um cara simples, humilde, assim como a torcida do Santa Cruz que é imensa. Na minha infância, em Goiás, as coisas não davam muito certo e acabei recebendo a notícia que seria pai. Comecei a trabalhar, ajudando meu padrasto. Já fui servente de pedreiro, garçom. Não tenho vergonha de falar, como todo jovem tinha sonho de jogar futebol e estou realizando ", recordou. 

Sobre a situação da equipe, que há cinco jogos não sabe o que é perder, o armador mostrou confiança no trabalho que vem sendo feito. A liderança na Copa do Nordeste é uma prova da força do grupo, de acordo com Hericles. 

" Nossa chave do Nordestão é difícil, mas estamos provando nosso potencial. No dia a dia, vamos melhorando e chegando no nível desejado. Temos jogadores de qualidade e fico feliz por estar atuando e ajudando em busca dos nossos objetivos ", falou o meia. 

PESQUEIRA
" O Pernambucano é complicado de jogar, não existe mais time bobo no futebol. As equipes chegam aqui e querem apresentar um bom nível, atuando contra um grande clube. É uma grande vitrine ". 

MOMENTO
" Hoje estou bem fisicamente, me sinto apto a atuar. Estou procurando o meu espaço, sou um jogador versátil e o importante é estar jogando. Não foi difícil jogar como falso 9, pois assim como o Daniel Sobralense gosto de me movimentar e acaba facilitando o rendimento ". 

INSPIRAÇÃO 
" Visto a camisa de um grande clube como o Santa Cruz, olhava pela televisão e tinha o sonho de jogar para uma grande torcida. Claro que tenho sonho de chegar na Europa, tenho ídolos no futebol. Mas quero fazer minha história aqui ".

Compartilhe:

Na grande oportunidade da carreira, Hericles relembra dificuldades e sonha alto

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.