Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

77,25

Classifique:

Futebol Profissional

Em meio às dificuldades financeiras, diretoria estipula perfis em atletas oferecidos

Publicado: quarta-feira,20 de dezembro de 2017, às 20:05
Por: Alexandre Ricardo

O Santa Cruz vai usando a criatividade para montar o elenco para a temporada 2018. Com maior parte do elenco de saída do clube, a direção corre contra o tempo para deixar um bom número de atletas disponíveis para a apresentação ao técnico Júnior Rocha, que ocorre no dia 26 de dezembro. 

Até o momento, o Mais Querido anunciou as contratações do volante Jorginho e do lateral-esquerdo Paulo Henrique, além da confirmação de renovação por mais um ano do lateral-direito Vítor. O trabalho da cúpula coral tem sido incessante, principalmente com a limitação financeira e o alto custo de um mercado cada vez mais inflacionado. 

Na coletiva de apresentação do novo treinador, o presidente Constantino Júnior voltou a falar das parcerias com os principais clubes do Brasil. O mandatário dividiu o mercado com atletas emergentes em dois momentos, valorizando a importância de ter um olhar clínico na hora de contactar os possíveis reforços. 

" No início do ano, a maioria dos clubes querem potencializar seus atletas, principalmente os mais jovens. Temos procurado fazer parcerias para qualificar nosso elenco, mas existe a questão financeira, a necessidade de dividir valores. Quando se consegue sucesso, a margem de erro diminui, no decorrer da temporada fica mais fácil porque a credibilidade no mercado aumenta. O momento é de readequação. O Santa Cruz não é de Série C, mas está lá. Temos de ter responsabilidade para conduzir as finanças do clube ", revelou Constantino. 

Com a missão de ser um componente importante neste processo, Júnior Rocha reforçou o pensamento da diretoria ao estabelecer os parâmetros necessários para um jogador que venha a abraçar o projeto tricolor. Segundo ele, o aspecto pessoal deve estar em segundo plano. 

" A lista de jogadores oferecidos é grande. Mas não é o que os clubes e o mercado querem, e sim o que o Santa Cruz precisa. Estamos procurando nomes que realmente venham agregar ao trabalho, não adianta vir só achando que aqui é uma boa vitrine. O espírito coletivo vai prevalecer na equipe ", assegurou.

Compartilhe:

Em meio às dificuldades financeiras, diretoria estipula perfis em atletas oferecidos

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.