Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

14,7142857142857

Classifique:

O Clube

Feitos e insucessos: Alírio Moraes avalia mandato à frente do Santa Cruz

Publicado: sexta-feira, 1 de dezembro de 2017, às 13:30
Por: Alexandre Ricardo

Um título regional, dois títulos estaduais, um acesso e dois rebaixamentos. Se tem um palavra que resume bem a gestão de Alírio Moraes é intensidade. Finalizando um mandato que durou três anos, o mandatário falou nesta semana sobre suas considerações de como deixa o clube para o sucessor. 

Apesar do momento instável, de muita dificuldade financeira e um melancólico rebaixamento à Série C, Alírio fez uma reflexão acerca de um legado, num discurso de muita cautela ao tratar dos erros que hoje são questionados por grande parte da torcida. 

" É um momento de grande reflexão, pois estamos procurando enxergar onde estão os erros e porque existem. Nunca fugimos do debate. Mas o legado permanece, numa visão mais lúcida além da cortina de fumaça do rebaixamento. Temos hoje um clube razoavelmente estruturado, com relatórios de gestão a cada departamento, mas com as dificuldades com relação a atraso nos pagamentos ", resumiu. 

Um dos grandes focos de Alírio enquanto presidente executivo do Santa Cruz foi a negociação de dívidas. Segundo o dirigente, foi alcançada uma redução em torno de R$ 30 milhões junto a justiça trabalhista, além de um valor satisfatório no âmbito tributário. 

" Podemos dividir a dívida trabalhista em duas situações. Existe a negociação na 12ª vara do trabalho e temos algo em torno de R$ 40 milhões de passivo. Quando assumi, estava em R$ 70 milhões. Pagamos muita coisa. Existem várias ações ajuizadas em outros estados, que são coisas do passado. Hoje temos uma estrutura jurídica capaz de acompanhar qualquer caso, combatendo excessos em reclamações e cobranças indevidas. Temos que reconhecer o sucesso também no passivo tributário. Era muito extenso e hoje está aproximadamente com R$ 40 milhões no passivo tributário todo. Esse valor está negociado e sendo pago todo mês. Estamos pagando coisas antigas, como FGTS de 1982, por exemplo ", falou. 

Foto: CoralNET

Compartilhe:

Feitos e insucessos: Alírio Moraes avalia mandato à frente do Santa Cruz

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.