Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

68,6666666666667

Classifique:

Futebol Profissional

Após último jogo do ano, jogadores comemoram vitória e deixam futuro em aberto

Publicado: terça-feira, 21 de novembro de 2017, às 21:40
Por: Leonardo Albertim

A temporada coral, enfim, terminou. Os resultados foram lamentados durante todo o ano, juntamente com mais um rebaixamento. Após a goleada por 5x2 diante do Juventude, no último jogo da Série B, os jogadores corais comemoram a vitória, voltaram a falar dos problemas vividos internamente e evitaram falar sobre o futuro.

Depois do apito final, todo o elenco, junto com a comissão técnica, entrou de férias e aguarda o andamento das eleições para decidirem seus futuros. Ainda não se sabe quais atletas devem permanecer no clube para o ano que vem.

Walber: “ Durante a competição toda a gente taba precisando desses gols. Mas graças a Deus passou, conseguimos achar os gols e isso foi o mais importante para terminar a competição vencendo. Ainda estou conversando. Não sei se vou ficar. Deixo essa parte para o meu empresário resolver ”.

Lucas Gomes: “ Graças a Deus tive essas oportunidades nessa reta final e pude aproveitar. Tenho contrato até o final de 2018 e vamos ver o que o meu empresário ”.

Thiago Primão: “ Para nós foi um espetáculo. Toda vez que entramos em campo foi para dar o nosso melhor. Fico triste demais por ter caído. Extremamente chateado porque aqui é um clube grande, de uma torcida imensa e as coisas não fluíram. A culpa foi de todo mundo. Desde a presidência até nós jogadores. Mas temos que levantar a cabeça. O Santa Cruz vai dar a volta por cima, se reestruturar e chegar na primeira divisão. Ainda não sei se fico. Não tive respaldo da diretoria. Fico feliz por ter jogado aqui nesse clube ”.

William Barbio: “ É triste porque essa torcida não merece passar por isso. Mas espero que quem assuma o clube ano que vem possa organizar o clube e subir de novo. A gente só pode pedir desculpa, mesmo sabendo da chateação do torcedor. Eu poderia ter feito mais neste ano e não fiz muito. Mas quem entrou em campo hoje, foi com honra. Não culpamos a torcida por nada. A gente passou um ano muito pesado, de muitas brigas e lutas. Agora vou só curtir as férias com minha família, esfriar a cabeça e depois resolver tudo. Quem ficar tem que dar a vida para subir com o Santa Cruz ”.

Compartilhe:

Após último jogo do ano, jogadores comemoram vitória e deixam futuro em aberto

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.