Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

25,75

Classifique:

Futebol Profissional

Em baixa, atacantes do Santa Cruz reconhecem momento difícil, mas evitam desistência

Publicado: segunda-feira, 30 de outubro de 2017, às 12:24
Por: Leonardo Albertim

O roteiro da partida entra Santa Cruz e Luverdense foi bem parecido com o que as equipes rebaixadas sofrem. Chances criadas e a bola teimando em não entrar. Os atacantes do Santa Cruz estão sem marcar gols com a bola rolando há oito rodadas, mas ao término do jogo evitaram falar em desistência.

Em uma função mais recuada nos últimos jogos, para poder fazer dupla com o experiente Grafite, Ricardo Bueno vem sofrendo para acertar o alvo. Diante do Luverdense, o camisa 99 parou no goleiro Diogo Silva e acertou o travessão nos minutos finais.

“Sentimento de frustração. Jogamos em cima deles. Acho que está faltando a bola entrar. Estamos sempre buscando, sem esperar cair do céu, sem fazer corpo mole. É assim que tem que ser. Mas precisamos transformar isso em vitória”, comentou Bueno.

Com a bola rolando, um atacante conseguiu marcar apenas na partida contra o Goiás, justamente na última vitória, a única de Martelotte. Bruno Paulo balançou as redes duas vezes naquela ocasião. De lá pra cá, Grafite até fez, mas em cobrança de pênalti. Ídolo da torcida, o capitão da equipe segue sem pensar em Série C.

“É difícil. A gente não sabe que está acontecendo. Trabalhamos bem a semana toda, jogamos bem e a bola não entra. Ela pega na trave, bate no goleiro, parece que tudo conspira contra. Era um jogo de fundamental importância essa vitória hoje para escapar, mas está difícil. Não vamos jogar a toalha. Não falta luta, nem empenho. Não merecemos essa situação”, disse Graffa.

Foto: CoralNET

Compartilhe:

Em baixa, atacantes do Santa Cruz reconhecem momento difícil, mas evitam desistência

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.