Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

14,7142857142857

Classifique:

Futebol Profissional

Santa Cruz acerta a trave duas vezes, mas não sai do zero contra o Luverdense

Publicado: sábado, 28 de outubro de 2017, às 18:31
Por: Alexandre Ricardo

O TIME – Os desfalques mais uma vez deram o tom da preparação coral para mais uma partida da Série B. Além dos suspensos Nininho, Yuri e Derley, o técnico Marcelo Martelotte não pôde contar com os meias Thiago Primão e Natan, vetados pelo departamento médico. Por outro lado, Tiago Costa e João Paulo se recuperaram e reforçaram a equipe. Com o retorno de Bruno Paulo, o treinador optou pela saída de Jeremias, além de promover a estreia de Walber na lateral-direita. Assim, o Santa Cruz foi escalado com: Júlio César; Walber, Anderson Salles, Guilherme Mattis e Tiago Costa; Wellington Cézar, João Ananias e João Paulo; Bruno Paulo, Ricardo Bueno e Grafite.

O JOGO – Pela situação de ambos os clubes na competição, um jogo nervoso era aguardado no Estádio do Arruda. Com desfalques dos dois lados, os treinadores buscavam manter as características de seus comandados para atingir o nível de atuação apropriado na busca pelo resultado positivo. 
Porém, o primeiro tempo foi de pouca inspiração dentro de campo. Com muitas dificuldades para chegar ao ataque, o Santa Cruz não conseguiu ser objetivo na troca de passes. Apesar da maior posse de bola por parte do Mais Querido, o Luverdense conseguiu ser mais perigoso nas poucas chances de gol que criou.
Precisando vencer diante de sua torcida, a Cobra Coral voltou mais ofensiva do intervalo. Com o Luverdense mais retraído, o ímpeto tricolor não era suficiente para ameaçar o gol adversário. Uma aposta frequente foi a individualidade de Bruno Paulo pela esquerda, mas a equipe mato-grossense defendia com um bom número de jogadores e dificultava as ações dos donos da casa. Quem chegou mais perto do gol foi o atacante Ricardo Bueno e o zagueiro Anderson Salles, que chegaram a acertar a trave e assustar o goleiro Diogo Silva.

MODIFICAÇÕES - Já no intervalo, Martelotte teve de realizar sua primeira mudança. Tiago Costa reclamou de dores e foi substituído por Bruno Silva, que apesar de ser zagueiro de origem atuou na lateral-esquerda normalmente. Por volta dos 15 minutos da etapa final, Grafite deu lugar a André Luis no ataque, modificando o desenho tático do time. A última cartada veio aos 33 minutos, já na reta final do jogo. Halef Pitbull foi o escolhido para entrar, entrando na vaga de Bruno Paulo.

Foto: CoralNET

Compartilhe:

Santa Cruz acerta a trave duas vezes, mas não sai do zero contra o Luverdense

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.