Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

34,3333333333333

Classifique:

Futebol Profissional

Jogadores ignoram contas contra queda e priorizam: "temos que fazer nossa parte"

Publicado: quarta-feira, 25 de outubro de 2017, às 09:28
Por: Alexandre Ricardo

O campeonato vai chegando ao fim e com ele, as equipes começam a fazer contas para atingir determinado objetivo. Na luta contra o rebaixamento, o Santa Cruz tem a cada rodada o dilema de observar o quanto sua missão vai se tornando mais complicada. 

Há sete partidas sem vencer, o Mais Querido pode dizer que no geral, os resultados vão ajudando a manter uma chama acessa no clube das três cores. Apesar da sequência negativa, a distância para o Figueirense/SC, primeiro time fora do Z4, é de apenas cinco pontos neste momento. 

Questionado sobre toda a matemática envolvida, o goleiro Júlio César fez uso de algo bastante mencionado pelo técnico Marcelo Martelotte. Para o camisa 1, só há uma saída para fazer com que as contas se tornem mais acessíveis: vencer. 

" O (Marcelo)Martelotte sempre fala que rodada boa é aquela que você vence. Quando fazemos nossa parte, os resultados tendem a ajudar. Eu particularmente não gosto de fazer contas, procuro me concentrar no nosso papel e deixar com que os adversários se virem do lado deles ", garantiu Júlio César. 

Já o volante João Ananias citou a possibilidade que cada clube envolvido na parte de baixo da tabela ainda apresenta. De acordo com o volante, qualquer resultado neste momento pode ser crucial para a vida de cada equipe. 

" A verdade é que enquanto existir chance, os times vão brigar. Além do Luverdense, tem o próprio Náutico que querendo ou não ainda está vivo. Estamos concentrados em procurar vencer nossos jogos, pois nesta reta final ninguém pode bobear ", finalizou o jogador. 

Foto: CoralNET

Compartilhe:

Jogadores ignoram contas contra queda e priorizam: "temos que fazer nossa parte"

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.