Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

34,3333333333333

Classifique:

Futebol Profissional

Convivendo com ausências, Martelotte vem rodando elenco e criando alternativas táticas

Publicado: terça-feira, 24 de outubro de 2017, às 16:30
Por: Alexandre Ricardo

Num campeonato longo como o da Série B, os desfalques por suspensão e lesão são absolutamente normais. Principalmente quando a reta final se aproxima, como é o caso atual do Santa Cruz. Nas últimas partidas, o técnico Marcelo Martelotte vem sendo mobilizado a realizar intervenções de peças ou até mesmo no painel tático da equipe. 

Até pela situação do clube na competição, mudanças por questões técnicas são cobradas e se o resultado não aparece, são cada vez mais cogitadas. Foi o caso da utilização do atacante Ricardo Bueno junto com Grafite, opção levantada desde a passagem de Givanildo Oliveira, mas que se concretizou somente agora com Martelotte. 

O departamento médico é outro fator que vem interferindo diretamente na montagem do time tricolor. Somente agora a comissão técnica tem à disposição os quatro zagueiros do elenco: Bruno Silva, Anderson Salles, Sandro e Guilherme Mattis. Algo que não acontecia principalmente pelo longo período de afastamento do primeiro.

A última partida diante do Brasil de Pelotas/RS foi o maior desafio para o comandante coral, já que teve um grande número de desfalques principalmente no meio-campo. Foi aí que Martelotte deu a primeira oportunidade a Jeremias, atleta de 20 anos que se juntou ao elenco profissional recentemente. Com o jogador realizando a função de armar as jogadas, a entrada de João Ananias serviu para liberar um pouco mais Derley, formando duas linhas de quatro jogadores quando a posse de bola era coral. 

As variações são mais evidentes agora, já que o Santa Cruz atuou na maior parte da temporada com dois atacantes de lado e um centroavante na referência. Agora, com todas as situações de necessidade e desfalques, novos modos de jogar vão se adaptando à missão maior da Cobra Coral: escapar do rebaixamento.

Foto: CoralNET

Compartilhe:

Convivendo com ausências, Martelotte vem rodando elenco e criando alternativas táticas

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.