Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

68,6666666666667

Classifique:

Futebol Profissional

Sem revelar os titulares, Martelotte promete equipe com postura ofensiva diante do América Mineiro

Publicado: sexta-feira, 6 de outubro de 2017, às 16:56
Por: Leonardo Albertim

Marcelo Marttelotte tomou gosto e resolveu fazer mistério novamente. O treinamento desta sexta-feira (6), véspera do duelo contra o América Mineiro, foi de portões fechado. A imprensa não teve acesso nem ao aquecimento dos jogadores. Segundo o comandante, a divulgação dos titulares vai ocorrer apenas minutos antes da partida.

“Eu já tenho na minha cabeça. Temos variações. A ideia inicial já está definida, mas vou guardar e solto amanhã antes da partida. Estamos em um momento de decisão, precisamos demais  desses pontos. É importante ter esse cuidado para não dar nenhuma arma ao adversário que já é bem qualificado”, informou o 
técnico”, informou.

Durante os trabalhos táticos, duas formações foram testadas. A primeira com a volta de Derley na vaga de Bruno Paulo, formando dupla com Wellington Cezar. A outra foi a mesma que atuou diante do Internacional, com Thiago Primão recuando e atuando como volante, ao lado de Derley. Independente do esquema escolhido, o técnico promete ofensividade.

“Não acho que, especificamente, você seja mais ofensivo jogando apenas com um volante. Não entendo dessa maneira. A gente teve a ausência do Derley contra o Inter e achei importante ter a posse de bola e achei melhor ter o Primão e o João Paulo no meio campo. Aqui vamos ter uma característica diferente. Precisamos ser mais agressivos e posse de bola não é tão necessária pra isso. Se eu optar por dois volantes, não vejo um time menos ofensivo. Nossa última vitória foi dessa maneira”.

ADVERSÁRIO
“O América tem uma responsabilidade parecida com a nossa. Estão vindo de duas derrotas. Fez uma campanha brilhante até chegar aqui, mas como o campeonato está muito equilibrado, você ficar duas rodadas sem vencer acaba trazendo os seus adversários para perto. Eles tem uma responsabilidade e acho isso importante. Vamos disputar com um adversário que tem objetivos, mesmo que seja diferente do nosso, precisam somar pontos”.

TORCIDA
“Temos visto muitas situações de times que estão em uma condição difícil como a nossa e a torcida comparecendo. Tenho o conhecimento da torcida do Santa Cruz e a importância nesse momento. É fundamental em qualquer competição. A gente sabe que faz a diferença jogar com o torcedor do nosso lado, em um número maior, pressionando o adversário. Isso ajuda no aspecto de confiança dos jogadores”.

FALTA DE GOLS
“A gente ficou dois jogos sem fazer gol. Naquele jogo contra o Ceará a gente criou bastante. Pecamos muito nesse sentido. Contra o Inter a gente criou também algumas boas oportunidades. A gente fez alguns trabalhos de finalização essa semana e passamos confiança para os nossos atacantes. Queremos continuar criando para ter condições de fazer os gols”.

JOGO ABERTO
“O que me preocupou contra o Ceará foi o final da partida. Claro que as equipes terem muitas chances de gol vem da busca e capacidade dos dois times. Você ter um jogo assim, não quer dizer que seja desorganização. São objetivos parecidos e que não aceitam o empate como um resultado bom. Por isso estão sempre indo buscar as vitórias. Aconteceu contra o Ceará e pode acontecer novamente amanhã. O jogo pode ter essa característica”.

BILEU
“Na verdade a gente uma aguarda uma definição quanto a isso. Mas é ruim. É um jogador que a gente conhece, sabe das qualidades e pedimos. A inscrição foi feita lá trás, já faz algumas rodadas. Precisamos ter essa situação definida. Se ele não puder jogar, não vamos mudar essa situação até o fim do campeonato, se ele puder, vamos contar com ele”.

Compartilhe:

Sem revelar os titulares, Martelotte promete equipe com postura ofensiva diante do América Mineiro

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.