Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

77,25

Classifique:

Futebol Profissional

Martelotte enxerga um Santa Cruz superior na partida e aponta evoluções no controle de bola

Publicado: sábado, 23 de setembro de 2017, às 00:33
Por: Alexandre Ricardo

O final poderia ser diferente. Foi com este pensamento que o Santa Cruz absorveu o empate em 1x1 com o Londrina/PR, no Estádio do Café. Depois de abrir o placar, a equipe coral acabou cedendo o empate num lance confuso e que deixou um gosto amargo no plantel tricolor. 

Na coletiva pós-jogo, o técnico Marcelo Martelotte mostrou estar contente com o desempenho de seus comandados dentro de campo. No terceiro jogo à frente da equipe, o treinador segue sem derrota e apontou melhoras consideráveis, apresentadas durante o jogo.

" Fiquei satisfeito pela nossa atuação. Nosso comportamento foi bom, tivemos um primeiro tempo seguro e criando oportunidades. Depois a partida ficou mais disputada mas os jogadores estiveram num bom nível. Só não saímos completamente satisfeitos pois deixamos a vitória escapar, num lance que pareceu um gol olímpico ", resumiu o treinador. 

Questionado sobre as alterações promovidas no segundo tempo, principalmente a saída de Thiago Primão para a entrada de Natan, o comandante tricolor deixou claro suas pretensões para o momento do jogo. Aliado a este fato, exaltou uma maior tranquilidade do time com a bola nos pés. 

" Na verdade, as trocas foram para manter um mesmo estilo de comportamento. Houve um esforço muito grande dos jogadores para cumprir as funções, diminuir o ímpeto do Londrina. Por isso, fiz modificações pontuais para renovar o gás. Apesar de jogarmos com dois volantes de marcação, a equipe teve um desenvolvimento melhor com a bola. Construiu mais jogadas, acertou passes ", lembrou.

TRABALHO
" Me deixa feliz estar invicto ainda. Estaria mais feliz se estivéssemos somado sete pontos, com uma vitória sobre o Londrina. Mas é de se valorizar principalmente porque jogamos duas vezes fora de casa. No final das contas, os números não são ruins ". 

DESGASTE
" Tivemos um bom tempo para trabalhar e estaremos prontos para esta sequência maior de jogos, num curto intervalo de tempo. O grupo tem correspondido bem e temos confiança no plantel, para enfrentar o calendário. O desgaste para mim não é problema, pois sabemos como é o campeonato e é natural a sequência ". 

CONVOCAÇÃO 
" Temos uma partida muito difícil contra o Ceará e espero o apoio do torcedor. É claro que com a evolução, a torcida vai cobrar mais porque vê qualidade na equipe. Sabemos da força de um Arruda lotado e precisaremos do incentivo para sair com a vitória ".

Compartilhe:

Martelotte enxerga um Santa Cruz superior na partida e aponta evoluções no controle de bola

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.