Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

46,8181818181818

Classifique:

Futebol Profissional

Com pouca inspiração ofensiva, Santa Cruz e ABC ficam no empate sem gols

Publicado: sábado, 9 de setembro de 2017, às 21:07
Por: Alexandre Ricardo

O TIME – No jogo que marcou a estreia de Marcelo Martelotte à frente da equipe, o Santa Cruz tinha a principal dúvida na lateral-esquerda. Com Yuri vetado pelo departamento médico por dores nas costas, Tiago Costa retornou ao time titular. Além de Yuri, o zagueiro Bruno Silva, o meia Léo Lima e o atacante Bruno Paulo sequer viajaram para Natal/RN, também machucados. Assim, o time foi formado com Júlio César; Nininho, Anderson Salles, Sandro e Tiago Costa; João Ananias, Derley e Thiago Primão; João Paulo, André Luís e Grafite.

O JOGO – ABC e Santa Cruz tinham um objetivo em comum: vencer para buscar a reabilitação na competição. Com a necessidade em primeiro plano, a expectativa era de uma partida aberta. Com os dois treinadores realizando suas respectivas estreias, as torcidas de ambos os clubes esperavam por uma evolução a ser apresentada em campo.
Apesar disso, o que se viu no primeiro tempo foi um jogo mais cauteloso, com os times se respeitando e apostando muito nos erros do adversário. Com Thiago Primão atuando mais centralizado, as principais oportunidades criadas pela Cobra Coral aconteceram depois de jogadas em velocidade.
O baixo nível técnico foi a tônica da segunda etapa, quando o excessivo número de passes errados conduziram o empate sem gols. Mesmo com a expulsão do zagueiro Léo Fortunato por volta dos 35 minutos, a equipe tricolor teve dificuldades para chegar ao gol adversário, oferecendo pouco trabalho ao goleiro Edson. 

MODIFICAÇÕES - Já no intervalo, Martelotte foi forçado a realizar sua primeira mudança. Em lance na reta final do primeiro tempo, Anderson Salles se chocou com Grafite na cobrança de escanteio e acabou levando a pior. Nos vestiários, o zagueiro não reuniu condições para voltar à partida e foi substituído por Wellington Cézar, que foi improvisado no setor. Tentando dar mais volume à sua equipe, o técnico coral acionou Júlio Sheik aos 22 minutos do segundo tempo, na vaga de André Luís. Já com um a mais, o Santa Cruz mexeu pela última vez aos 38 minutos, com a entrada de Augusto, sendo João Ananias o substituído.

Compartilhe:

Com pouca inspiração ofensiva, Santa Cruz e ABC ficam no empate sem gols

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.