Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

94,4166666666667

Classifique:

Futebol Profissional

Grafite afirma que mudança no comando era necessária e comenta sobre possível investidor

Publicado: quinta-feira, 31 de agosto de 2017, às 20:10
Por: Leonardo Albertim

São duas semanas de trabalhos e muitos testes sendo realizados pelo técnico coral. Marcelo Martelotte vai buscando alternativas para encaixar a equipe do Santa Cruz e conta com o aval do experiente Grafite nesse quesito. Para o camisa 23, as mudanças durante os treinos são naturais.

“A gente precisava de uma mudança. Por mais que o Givanildo (Oliveira) tentasse, não tava dando certo. Ele não falava muito nos treinamentos, mas falava nas reuniões. Martelotte tem um estilo de conversar mais, tem mais afinco. Ele frisa sempre que futebol não é sorte, é trabalho. O que vai acontecer no jogo é reflexo do nosso dia a dia. Esse trabalho que vem sendo feito é importante. Estava faltando essa compactação pra nosso time”.

SALÁRIOS
“Marcelo conhece o clube. É a quinta passagem dele aqui no santa Cruz, a terceira como treinador. Ele disse que é um clube diferente para se trabalhar. Falou da questão financeira e tentou amenizar o máximo possível. Pediu para os jogadores entenderam e que se a gente fizer nossa parte dentro de campo, as coisas podem mudar. Só o futebol move o Santa Cruz. Não tem uma outra modalidade que ajude”.

TÁTICA
“Existe a alternativa de jogar no 4-4-2 e ele pode tentar isso, talvez durante o jogo. Mas, de 2015, eu lembro que ele gosta de jogar nesse esquema que estamos atuando. Mas eu sou fã de jogar com dois atacantes. É bom brigar ali com os zagueiros. Às vezes, com pontas abertos, fica difícil brigar sozinho lá na frente. Mas vamos ver durante a semana”.

SEQUÊNCIA
“Esse mês foi muito complicado pra gente. Não conseguimos ter resultados positivos em nenhum jogo. Espero que a gente não leve isso para setembro. Esse novo mês vai decidir muita coisa em termos de acesso e rebaixamento. Precisamos fazer nossa parte nos jogos e vencer. Vamos ter dois confrontos diretos. ABC/RN e Goiás são jogos importantes pra gente pontuar”.

MONITORAMENTO
“Marcelo voltou bem mais atualizado desde a última passagem em 2015. Ele trabalhou bastante nesse tempo que ficou parado. Depois do treino ele fica olhando o monitoramento. Até brincou comigo. É bom esse dinamismo, essa disputa. O treinamento reflete no jogo. Ele não gosta muito de jogadas duras, de carrinho, mas quer todo mundo se entregando”.

FUTURO
“Falaram de Sheik dos Emirados, de um alemão. Mas tenho um empresário francês que trabalha comigo e tem um projeto legal por lá. Tem interesse em investir em alguns clubes aqui no Brasil, mas de pequenos portes, para revelar jogadores. Fica mais difícil fazer isso no Santa, por ser grande e ter uma diretoria por trás. Mas quem sabe, se as coisas se organizarem, não surge a possibilidade de aparecer um investidor”.

Foto: CoralNET

Compartilhe:

Grafite afirma que mudança no comando era necessária e comenta sobre possível investidor

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.