Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

72,1

Classifique:

Futebol Profissional

Peças "esquecidas" do elenco podem surgir sob comando de Martelotte

Publicado: quarta-feira, 30 de agosto de 2017, às 08:46
Por: Alexandre Ricardo

A chegada de Marcelo Martelotte ao Santa Cruz, entre outras coisas, pode significar a retomada para alguns nomes do elenco tricolor. A trajetória de Givanildo Oliveira no comando da equipe fizeram certos atletas perderem espaço e não serem sequer relacionados para as partidas. 

É o caso, por exemplo, dos atacantes Halef Pitbull e William Barbio. O primeiro, destaque no início de temporada, segue sendo artilheiro do time no ano, com oito gols ao lado do zagueiro Anderson Salles. Porém, com as contratações de jogadores como Ricardo Bueno e Grafite, as oportunidades estiveram cada vez mais raras. 

Chegando a marcar gol na estreia da Série B diante do Criciúma/SC, William Barbio se viu fora até dos coletivos táticos promovidos por Givanildo. A última vez que Barbio esteve em campo foi na derrota por 2x1 para o Juventude/RS, com o camisa 11 atuando por apenas dez minutos. 

Se a reviravolta pode ocorrer com jogadores de certa forma já consolidados, a esperança reside também nos mais jovens, como é o caso do atacante Pachu, que ainda não estreou com a camisa do Mais Querido. Na base, atletas como Walter Guimarães, Lucas Gomes e Marcílio, que retornaram de empréstimo, também anseiam por mais espaço na sequência da competição. 

Em sua coletiva de apresentação, Martelotte foi questionado sobre os jovens valores oriundos das divisões de base. Complementando, também tratou de todo o estudo do elenco que tem nas mãos, antes de tomar decisões como escalações e a busca por mais reforços. 

" Atualmente, os mais novos fazem parte do grupo. Conheço alguns como Nininho, Wellington Cézar, Marcílio, Willams Luz. Eles já faziam parte do grupo profissional, mas a base sempre precisa de mais tempo. Todos eles serão utilizados, quando houver a necessidade e eu verificar o melhor momento. Na hora da avaliação, não diferencio quem é contratado e quem joga na base ", garantiu o treinador, que terá duas semanas de treinamentos até o embate frente ao ABC/RN, pela 23ª rodada da Série B.

Foto: CoralNET

Compartilhe:

Peças "esquecidas" do elenco podem surgir sob comando de Martelotte

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.