Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

6,86666666666667

Classifique:

Futebol Profissional

Preocupado com defesa, Givanildo quer encontrar rápida solução para reagir

Publicado: sábado,19 de agosto de 2017, às 20:11
Por: Alexandre Ricardo

Os números negativos aumentam. Depois de sofrer a quinta derrota consecutiva na Série B, o Santa Cruz entrou pela primeira vez na zona de rebaixamento e a palavra de ordem é preocupação, principalmente para o técnico Givanildo Oliveira. 

Depois do baque de 2x0 para o Guarani/SP, o assunto inicial não poderia ser diferente: a bola parada. Os dois gols tomados, de maneiras semelhantes, deixaram o comandante coral bastante chateado com o fato de ficar atrás do placar em tão pouco tempo.

" Infelizmente, não tem muito o que dizer. Foram dois gols em pouco tempo. Com menos de dez minutos, estávamos perdendo por 2x0. Com um gol atrás do outro, fica difícil de ir em busca do resultado negativo. Não fizemos um bom primeiro tempo, tivemos poucas chances. Na etapa final, fomos ao ataque mas não obtivemos sucesso ", analisou. 

Nos últimos seis jogos, foram 13 gols tomados. A estatística alarmante fez com que Givanildo não poupasse críticas à situação, que interferem diretamente na ausência de pontos somados durante a competição. Reconhecendo a deficiência, o treinador foi claro ao apontar maneiras de reverter o quadro. 

" Se pegarmos a média de gols tomados, o número chega a dois por jogo. É muita coisa numa competição como esta. Claro que os resultados não estão vindo, mas às vezes concluímos lá na frente e levamos mais do que fazemos. A única saída é trabalhar muito e encontrar soluções para que estes detalhes não se repitam ", ponderou Givanildo. 

Vislumbrando o confronto diante do CRB/AL, às 16h30 do próximo sábado(26) no Estádio do Arruda, o técnico tricolor pregou a intensificação do trabalho. " Não adianta querer mudar tudo drasticamente. Entramos com um time totalmente diferente, mas ainda assim deixamos a desejar. Precisamos trabalhar e corrigir os erros urgentemente ", falou. 

BRUNO SILVA
" Espero que tenha sido apenas uma pancada no tornozelo do Bruno(Silva). Nem no banco esteve, e a torcida agora é para que não seja nada grave. São situações que vão atrapalhando. O próprio Elicarlos pediu para sair no início do segundo tempo ". 

REAÇÃO
" Temos que mudar logo essa postura. Estamos demorando muito a apresentar uma evolução, demais até na minha opinião. É inadmissível perder tantos jogos assim, tanto fora como principalmente em casa ".

Compartilhe:

Preocupado com defesa, Givanildo quer encontrar rápida solução para reagir

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.