Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

72,1

Classifique:

Futebol Profissional

Orientações e cobrança: o jeito Givanildo de trabalhar

Publicado: quarta-feira, 5 de julho de 2017, às 22:06
Por: Alexandre Ricardo

Contratado para dirigir o Santa Cruz pela sexta vez na sua carreira, Givanildo Oliveira chegou e no treino da terça(4), no Estádio Grito da República, apenas observou uma movimentação com mais de onze jogadores de linha em cada lado. Um trabalho meramente avaliativo, para sentir o elenco que tem nas mãos. 

Na tarde desta quarta-feira(5), a atividade aconteceu na Arena de Pernambuco e um coletivo foi comandado, com um esboço de equipe titular sendo formado. Já na separação das equipes, Givanildo já pôs em prática suas primeiras considerações: substituiu Gabriel Vallés e William Barbio, que iniciaram a partida contra o Oeste/SP, por Nininho e André Luís, respectivamente. 

Durante o trabalho, o que chamou a atenção foi a comunicação constante entre os atletas. Atento aos detalhes, Givanildo aproveitava algums momentos para chamar atenção de seus jogadores. Foi assim quando parou o coletivo para intervir acerca da qualidade do treino. Isso porque a velocidade estava muito alta, e o treinador alertou para não confundir rapidez com pressa. 

É aguardando uma cara nova que a torcida espera a vitória diante do Brasil de Pelotas/RS, às 19h15 da sexta(7) na Arena. Sem vencer há quatro jogos, o Mais Querido necessita urgentemente vencer para voltar à parte de cima da tabela.

Foto: Jamil Gomes

Compartilhe:

Orientações e cobrança: o jeito Givanildo de trabalhar

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.